Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Bem-vindo à CogniFit! Bem-vindo à CogniFit para pesquisadores! CogniFit Healthcare CogniFit Employee Wellbeing

Cadastre-se aqui se você não tiver seu celular em mãos

Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes. Essa conta foi criada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) no diagnóstico e na estimulação cognitiva.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Você vai criar uma conta de gerenciamento da empresa. Esta conta foi criada para dar aos seus funcionários acesso às avaliações e treinamentos da CogniFit.

Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta foi desenhado para ajudá-lo a testar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes. Essa conta foi criada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) no diagnóstico e na estimulação cognitiva.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Você vai criar uma conta de gerenciamento da empresa. Esta conta foi criada para dar aos seus funcionários acesso às avaliações e treinamentos da CogniFit.

Você criará uma conta de desenvolvedor. Esta conta foi projetada para integrar os produtos CogniFit em sua empresa.

loading

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Digitalize o QR abaixo com seu telefone para registrar-se através de nosso aplicativo móvel para maior comodidade e acesso em qualquer lugar!

Melhore a sua experiência!

Se você não tem seu celular em mãos cadastre-se aqui

Para disfrutar de uma boa experiência neste dispositivo faça download da nossa App.

Huawei App Gallery

Se você não tem seu celular em mãos cadastre-se aqui

Investigação Cognitiva - Como manter o seu cérebro em forma?

Investigação Cognitiva - Como manter o seu cérebro em forma?

O exercício cerebral é um termo cada vez mais familiar. Isto ocorre principalmente porque quanto mais os cientistas aprendem sobre o cérebro, mais nos damos conta do importante que é manter o nosso cérebro, assim como o nosso corpo em boa forma. E quando se trata de como o cérebro se vê afetado pelo envelhecimento, existem boas e más notícias.

A ideia de que o envelhecimento leva a um dano mental não é algo que a investigação cognitiva demonstrou recentemente. Como William Shakespeare já escreveu em 'Much Ado About Nothing' ('Muito barulho por nada'), 'Quando a idade chega, o engenho se vai.' Mas a boa notícia é que uma investigação recente demonstrou que esta ideia não é completamente correta. A evidência atual sugere que o cérebro é um órgão flexível, e que apesar da idade, o cérebro é capaz de manter e inclusive melhorar o seu nível de rendimento, especialmente se é levado um estilo de vida ativo e mentalmente estimulante.

Então, qual é a má notícia? Bem, como outras coisas na vida, o exercício cerebral exige um pouco de trabalho. O cérebro, obviamente, não é tonto, e como na sua rotina diária existem muitas tarefas que se repetem uma e outra vez, o cérebro, que é um processador de informação extremamente eficiente, cria acessos diretos para realizar estas tarefas cognitivas repetitivas.

Por exemplo, quando você aprendeu a dirigir um carro, provavelmente no começo era difícil manter uma conversação e dirigir ao mesmo tempo, porque o seu cérebro estava ocupado processando todos os estímulos novos e realizando as tarefas cognitivas que são implicadas na direção. Porém quando você adquire certas experiências, digamos que você é um motorista experiente, é muito mais fácil falar com os passageiros, desfrutar da paisagem e conduzir, tudo ao mesmo tempo.

Obviamente é bom que muitas das tarefas cognitivas da condução tenham sido automatizadas, já que isto permite ao seu cérebro desviar a sua atenção e destinar recursos a outras coisas. Entretanto, a longo prazo, cria demasiados problemas, já que a tendência natural do cérebro a aprender da experiência e criar rotinas para processar mais facilmente a informação diária, também o encoraja a ser mais preguiçoso e a relaxar um pouco. Conforme vai envelhecendo, este problema vai se agravando porque é mais difícil desenvolver atividades novas que coloquem a prova o cérebro e o tirem da letargia de uma vida de tratamento automatizado. Esta é precisamente a razão pela qual o cerebral é tão importante.

O exercício cerebral é como o exercício físico. Da mesma maneira que os seus músculos, o seu cérebro precisa de desafios constantes para se manter em forma e saudável. Muitas pessoas acreditam que fazer Sudokus, palavras cruzadas ou jogar ao bridge é útil como exercício cerebral. Está claro que é melhor que nada e é certo que podem ajudar a manter o cérebro em boa forma, mas se são repetidos continuamente os mesmos tipos de atividades cerebrais, estas também vão chegar a se converter em rotinárias e já não treinarão adequadamente todos os atributos que são essenciais para a saúde cerebral e um bom estado físico em geral. A verdadeira chave para um ótimo exercício cerebral, para que sejam exercitados constantemente todas as partes do seu cérebro, é de se expor ao maior número possível de atividades cognitivas novas e diferentes. Este nível de forma física exige um programa mais completo e compreensível do treinamento do cérebro.

O motivo disto é que a cognição é composta de vários atributos que operam juntos. Estes incluem a (o bom que você é memorizando e recuperando a informação), a atenção (o capaz que você é para se concentrar em uma ou várias tarefas), a percepção (o bem que percebe os diferentes estímulos no seu entorno), e a coordenação mão-olho (o bem que traduz a informação visual em movimento corporal). Uma vez que todos somos indivíduos únicos, o tipo de exercício cerebral que necessita será diferente dos demais. Assim que o programa de treinamento cerebral ideal é aquele que é capaz de determinar as suas fortalezas e debilidades e criar uma rotina de exercícios personalizados que te ofereçam o tipo de treinamento que precisa para manter o seu cérebro ativo e saudável.

Ou, como também disse Shakespeare, 'Tudo está preparado, se nossas mentes também estão.'

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail