Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Bem-vindo à CogniFit! Bem-vindo à CogniFit para pesquisadores! CogniFit Healthcare CogniFit Employee Wellbeing

Registe o seu e-mail a seguir para começar a cuidar do seu cérebro.

Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes. Essa conta foi criada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) no diagnóstico e na estimulação cognitiva.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Você vai criar uma conta de gerenciamento da empresa. Esta conta foi criada para dar aos seus funcionários acesso às avaliações e treinamentos da CogniFit.

Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta foi desenhado para ajudá-lo a testar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes. Essa conta foi criada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) no diagnóstico e na estimulação cognitiva.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Você vai criar uma conta de gerenciamento da empresa. Esta conta foi criada para dar aos seus funcionários acesso às avaliações e treinamentos da CogniFit.

Você criará uma conta de desenvolvedor. Esta conta foi projetada para integrar os produtos CogniFit em sua empresa.

loading

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Habilidades Cognitivas
Consistência interna
Fiabilidade Teste-reteste
Flexibilidade Cognitiva
0,726
0,842
Atenção Dividida
0,866
0,85
Campo visual
0,806
0,998
Coordenação Olho-mão
0,779
0,876
Denominação
0,687
0,782
Foco
1
0,905
Exploração Visual
0,862
0,922
Estimativa
0,761
0,986
Inibição
0,661
0,697
Memória Fonológica a Curto Prazo
0,915
0,698
Memória Contextual
0,884
0,775
Memória Visual a Curto Prazo
0,866
0,743
Memória a Curto Prazo
0,853
0,721
Memória de Trabalho
0,85
0,696
Memória não verbal
0,787
0,73
Percepção Espacial
0,611
0,907
Percepção Visual
0,751
0,882
Percepção auditiva
0,652
0,904
Planificação
0,765
0,826
Reconhecimento
0,864
0,771
Tempo de Resposta
0,873
0,821
Velocidade de Processamento
0,888
0,764
Avaliação cognitiva para pacientes com fibromialgia (CAB-FB)

Análise da fiabilidade da avaliação(Apena em inglês)Download

Avaliação Cognitiva para pacientes com fibromialgia (CAB-FB)

Teste on-line inovador para detectar alterações cognitivas de pacientes com fibromialgia. Realiza uma triagem cognitiva completa e avalia o índice de risco da presença de alterações neuropsicológicas relacionadas à fibromialgia (Fibrofog).

A quem se dirige?

Este producto não está à venda. Este produto é apenas para fins de pesquisa. Para obter mais informações, consulte Plataforma de pesquisa CogniFit

Multi-dispositivo

Avaliação Cognitiva para pacientes com fibromialgia (CAB-FB)

Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes. Essa conta foi criada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) no diagnóstico e na estimulação cognitiva.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

-
+
Número de avaliações*

* As licenças de avaliação podem usar qualquer tipo de avaliação

 

Testes computadorizados para avaliar e detectar sintomas cognitivos na fibromialgia

Testes computadorizados para avaliar e detectar sintomas cognitivos na fibromialgia

  • Realiza uma triagem cognitiva completa e avalia o índice de risco da presença de fibromialgia.
  • Para jovens adultos e idosos.
  • A duração aproximada do teste on-line é de 30 a 40 minutos.
  • Análise da fiabilidade da avaliação - Apena em inglês Download

A Avaliação Cognitiva para pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) da CogniFit é uma ferramenta profissional principal, que consiste em testes e tarefas digitalizadas destinado a detectar e avaliar rapidez e precisão a presença de sintomas, traços e disfunções nos processos cognitivos afectados em fibromialgia (fibrofog), comummente associada a dor e fadiga crónica.

Este inovador teste fibromialgia online é um recurso que permite uma triagem cognitiva completa, conhecer os pontos fracos e fortes,avaliar o índice de riscoda presença de fibromialgia ou fibrofog, e saber quais áreas são afectadas por esta alteração. Este teste destina-se a jovens adultos com 18 anos, pessoas idosas ou idosos que sofrem de fibromialgiae podem apresentar uma degradação cognitiva relacionada. Embora a fibromialgia tenda a afectar mais às mulheres que aos homens, essa avaliação é útil para ambos os sexos.Qualquer utilizador individual ou profissional pode lidar com esta avaliação neuropsicológica sem dificuldade.

Este teste de fibromialgia ou Fibrofog é totalmente digitalizado. É feito online, e a sua duração aproximada é de 30 a 40 minutos.

A fibromialgia é uma doença que afecta várias áreas da vida de uma pessoa. Esta doença não se limita a dor crónica ou fadiga, mas também envolveu as esferas psicológicas e cognitivas (o que é conhecido como "fibrofog" ou "descognição").

Este teste inovador online para a fibromialgia permite realizar uma avaliação do desempenho cognitivo do paciente com dor e fadiga crónica. Sabendo como os principais aspectos cognitivos que podem ser alterados pela doença (atenção, velocidade de processamento, memória de trabalho, planeamento, tempo de reação ou de fluência verbal...) pode servir como um indicador da qualidade de vida dos pacientes, ajudar a conhecer a eficácia das intervenções que estão a ser realizadas ou focar o diagnóstico e o tratamento.

A entrevista e a história clínica, bem como os questionários, as escalas de avaliação clínica e os testes de triagem são ferramentas muito eficazes para detectar esses problemas cognitivos. No entanto, para conhecer a profundidade da afetação, é necessário fazer uma avaliação exaustiva das diferentes funções cognitivas através de uma avaliação clínica e neuropsicológica. Recomenda-se a utilização deste teste completo de fibromialgia ou fibrofog de forma complementar à avaliação profissional e não como substituto da entrevista.

Protocolo digitalizado para avaliação da fibromialgia on-line (CAB-FB)

Protocolo digitalizado para avaliação da fibromialgia on-line (CAB-FB)

Esta avaliação cognitiva completa para a detecção de fibromialgia e fibrofog consiste num questionário e testes neuropsicológicos. A sua duração é de cerca de 30 a 40 minutos.

O adulto jovem, mais velho ou pessoa idosa que tem sintomas, como 18 pontos ou dor "pontos de gatilho" ou que suspeita que podem sofrer de fibromialgia devem responder a um questionário que avalia sintomas e sinais. Depois disso, deve executar uma série de exercícios e tarefas validadas que são apresentadas na forma de jogos de computador simples.

Questionário sobre critérios de diagnóstico

Uma série de perguntas fáceis de responder é apresentada com o objetivo de detectar os principais sinais e sintomas da fibromialgia. Este questionário é uma ferramenta de avaliação e rastreio para a fibromialgia

Factores neuro-psicológicos e perfil cognitivo

O CAB-FB continua com uma bateria de tarefas que visam avaliar os principais fatores neuropsicológicos identificados na literatura científica para o fibrogênio. Os resultados serão comparados com as escalas de acordo com a idade e sexo do usuário.

Relatório completo de resultados

Após a conclusão da Fibromialgia teste, CogniFit gera um resultado totalmente detalhados, onde aparece a taxa de risco para esta doença (baixa-média-alta), e deixá-lo saber os sintomas e sinais de alerta, perfil cognitivo, análise dos resultados, recomendações e diretrizes. Os resultados oferecem informações valiosas, uma base para identificar estratégias de suporte.

Resultados Psico-métricos

Resultados Psico-métricos

A Avaliação Cognitiva para pacientes com fibromialgia (CAB-FB) utiliza algoritmos patenteados e tecnologia de inteligência artificial (IA) que analisam mais de mil variáveis, e informar se há risco de fibromialgia com resultados psicométricos muito satisfatórios.

O perfil cognitivo do relato neuropsicológico tem alta fiabilidade, consistência e estabilidade. Foram seguidos projetos de pesquisa transversais, como o coeficiente alfa de Cronbach, alcançando valores em torno de 0,9. As provas Teste/Re-teste obtiveram valores próximos a 1, o que mostra alta fiabilidade e precisão.

Ver tabela de validação

A quem se dirige?

A quem se dirige?

A Avaliação Cognitiva para pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) pode ser aplicada aadultos jovens, adultos mais velhos e idosos que têm ou são suspeitos de ter TDAH .

Qualquer utilizador privado ou profissional pode lidar com esta ferramenta sem avaliação neuropsicológica dificuldade para ajudar a detectar a degradação cognitiva afectada na Fibromialgia. Para usar este programa, não é necessário ter conhecimento sobre neurociência ou informática. Destina-se especialmente a:

Utilizadores privados

Conhecer o estado das minhas habilidades cognitivas, os meus pontos fortes e fracos

Através dos testes de avaliação cognitiva da CogniFit para a fibromialgia ou fibrofog, qualquer usuário pode saber o risco de sofrer desta doença, dependendo dos sintomas detectados durante o questionário. Essa avaliação também pode ajudar a tirar dúvidas sobre se as queixas cognitivas (atenção, memória, planificação, ...) são um sinal de fibrofog ou se são normais para a nossa idade.

Usuários particulares

Conhecer o estado das minhas capacidades cognitivas, os meus pontos fortes e fracos

Através dos Testes de Avaliação Cognitiva CogniFit para Fibromialgia ou Fibrofog, qualquer usuário pode conhecer o risco de sofrer desta doença dependendo dos sintomas detectados durante o questionário. Essa avaliação também pode nos ajudar a deixar dúvidas sobre se as queixas cognitivas (atenção, memória, planeamento ...) são um sinal de fibrofog ou se são normais para nosso grupo demográfico.

Profissionais de saúde

Avalie com precisão meus pacientes e ofereça um relatório completo dos resultados

Os testes de avaliação neuropsicológica da fibromialgia de CogniFit permitem auxiliar os profissionais de saúde no exercício de detecção, diagnóstico e intervenção. Detectar os sintomas e as disfunções cognitivas é o primeiro passo para identificar essas alterações cognitivas e orientar um plano adequado de intervenção neuropsicológica. Este poderoso software de gerenciamento de pacientes permite que estude várias variáveis ​​e ofereça relatórios personalizados completos.

Familiares e cuidadores

Identificar se meus entes queridos apresentam risco de deterioração cognitiva relacionada à fibromialgia

Os testes de avaliação cognitiva para fibromialgia são um recurso composto por um questionário e alguns testes simples que podem ser praticados online. Permite a qualquer pessoa, sem conhecimento especializado, avaliar os diferentes sintomas e factores neuropsicológicos relacionados à fibromialgia e à dor crónica. O sistema completo de resultados permite identificar se existe risco de sofrer de algum dos distúrbios cognitivos relacionados com o fibrofog.

Pesquisadores

Medir as habilidades cognitivas dos participantes da pesquisa

A avaliação Cognitiva para pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) permite uma medição precisa e confortável de um grande número de habilidades cognitivas e é responsável por certos sintomas. A tecnologia CogniFit tem em consideração milhares de variáveis ​​durante as actividades de avaliação para obter dados fiáveis ​​sobre o status cognitivo do participante.

Vantagens

Vantagens

A utilização deste suporte informático baseado em metodologia para avaliar com rapidez e precisão a presença de sintomas e alterações cognitivas relacionadas à fibromialgia oferece múltiplas vantagens:

FERRAMENTA PROFISSIONAL

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) da CogniFit é um recurso profissional criado por especialistas em deficiência cognitiva. Os testes cognitivos foram patenteados. Este instrumento líder é usado pela comunidade científica, universidades, famílias, associações, fundações e centros médicos em todo o mundo.

FÁCIL DE GERIR

Qualquer usuário individual ou profissional (médicos, psicólogos, etc.) pode manipular pessoalmente essa bateria de avaliação neuropsicológica para a fibromialgia sem a necessidade de ter conhecimento sobre neurociência ou ciência da computação. O formato interativo deste teste permite um gerenciamento ágil e eficaz.

USO SIMPLES

Todas as tarefas são apresentadas de forma totalmente automatizada. Para torná-los acessíveis e divertidos, eles foram desenvolvidos na forma de jogos interativos divertidos, facilitando a compreensão deles.

RELATÓRIO DETALHADO DE RESULTADOS

A Avaliação Cognitiva do CogniFit para Pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) permite oferecer feedback rápido e preciso, construindo um sistema completo e útil para a análise dos resultados. Fornece informações totalmente compreensíveis que nos permitem reconhecer sintomas, pontos fracos, pontos fortes e o índice de risco.

ANÁLISES E RECOMENDAÇÕES

Este teste consiste num poderoso software que permite analisar mais de mil variáveis ​​e oferecer recomendações muito específicas, ajustadas ao tipo de deterioração e às necessidades de cada pessoa.

Em que casos é aconselhável aplicar este teste de fibromialgia?

Em que casos é aconselhável aplicar este teste de fibromialgia?

Com estes testes de avaliação pode detectar com segurança o risco de sintomas e comprometimento cognitivo relacionado com o Fibromialgia ou Fribrofog em adultos jovens, idosos ou idosos .

Se houver suspeita de que uma pessoa pode estar em risco de sofrer de fibromialgia ou Fibrofog, recomenda-se realizar esta avaliação o mais rapidamente possível. Por exemplo, pessoas com Transtorno de Estresse Pós-Traumático ou aquelas que sofreram um acidente de trânsito têm maior probabilidade de sofrer de fibromialgia. A detecção precoce permite iniciar o tratamento e um programa de intervenção apropriada para ajudar a prevenir o comprometimento funcional da pessoa.

Não fique detecção precoce ou ferramentas adaptadas necessário difícil dia de operação, e pode causar problemas no local de trabalho, na interação social ou familiar e na esfera emocional.

Fibromialgia, fibrofog, dor e fadiga crônica frequentemente associadas, podem causar uma deterioração generalizada e dificuldades no funcionamento funcional , trabalho e social. Principalmente você pode diferenciar entre:

Os sintomas mais representativos
Descrição
Dores musculares e articulares
Sintomas psicológicos e estado mental
Sintomas associados

Dores musculares e articulares

É uma dor difusa e inespecífica que afeta muitas partes diferentes do corpo (geralmente, os 18 pontos de dor). Dor fibromialgia tem algumas peculiaridades como alodinia (dor de estímulos não-dolorosos), hiperalgesia (aumento da dor do que o normal em relação aos estímulos dolorosos) e persistência (presente por mais tempo do que o normal).

Sintomas psicológicos e estado mental

Ansiedade e depressão estão geralmente ligadas à fibromialgia e considera-se que pode ser uma consequência da doença ou que aparece durante o curso da mesma.

Sintomas associados

Distúrbios do sono e da pele são muito frequentes nesta doença e também há muitos sintomas relacionados a distúrbios gastrointestinais.

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_4

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_4_A

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_5

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_5_A

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_6

V2_ASSESS_Fibromyalgia_CASES_SINT_1_6_A

Descrição do questionário de critérios diagnósticos

Descrição do questionário de critérios diagnósticos

A fibromialgia é caracterizada por uma série de sintomas e sinais. Estes indicadores podem nos fazer suspeitar da presença deste distúrbio. Portanto, o primeiro passo da avaliação cognitiva para pacientes com Fibromialgia (CAB-FB) consiste num questionário com testes de triagem adaptados aos principais critérios diagnósticos, sinais e sintomas dessa doença apropriados para cada faixa etária.

As perguntas aqui apresentadas são semelhantes àquelas que podem ser encontradas num manual de diagnóstico, questionário ou escalas para fibromialgia, no entanto, foram simplificadas para que possam ser compreendidas e respondidas por praticamente qualquer pessoa.

Critérios diagnósticos para fibromialgia em adultos jovens e idosos

O Teste de Fibromialgia da CogniFit consiste numa série de itens facilmente respondidos que podem ser preenchidos pelo profissional responsável pela avaliação, ou pela pessoa que realiza a avaliação da fibromialgia. O questionário coleta itens nos seguintes domínios: dor muscular e articular (geralmente localizada nos 18 pontos de dor), sintomas psicológicos e estado mental (a esfera psicológica tem uma grande importância em termos da funcionalidade da vida diária das pessoas com Fibromialgia ...) e sintomas associados (problemas derivados, como distúrbios do sono, desordens da pele, etc.).

Descrição dos testes para avaliar os fatores neuropsicológicos envolvidos na fibromialgia

Descrição dos testes para avaliar os fatores neuropsicológicos envolvidos na fibromialgia

Alterações cognitivas e psicológicas têm um papel nuclear na fibromialgia. Um perfil geral de habilidades cognitivas pode nos dizer quão intensa é a gama de alterações cognitivas derivadas dessa doença. Os problemas cognitivos associados à fibromialgia podem alterar significativamente o estado das diferentes habilidades, como atenção, velocidade de processamento, memória de trabalho, planeamento, tempo de reação e fluência. verbal, que reduz a qualidade de vida dos pacientes. A detecção dessa deterioração é importante para intervir nela o mais rápido possível e melhorar a funcionalidade e independência dos usuários. As áreas cognitivas mais alteradas durante o curso dessa doença e que, portanto, avalia o Teste de Fibromialgia (CAB-FB):

Domínios Cognitivos Avaliados
Habilidades Cognitivas

Atenção

Capacidade de filtrar as distrações e concentrar-se em informações relevantes.

Excelente

\ $ s % acima da média

Foco

Atenção focalizada e fibromialgia. Atenção focalizada é a habilidade de focar nossa atenção em um estímulo objetivo, independentemente da duração da fixação. Muitas vezes, a dor crônica da fibromialgia interrompe os processos atencionais.

512Sua pontuação

400Média para a sua idade

Memória

Capacidade de reter ou manipular novas informações e recuperar memórias do passado.

Excelente

\ $ s % acima da média

Memória a Curto Prazo

Memória de curto prazo e fibromialgia. A memória de curto prazo é a capacidade de manter uma pequena quantidade de informações por um curto período de tempo, como quando retemos o início de uma frase para entendê-la como um todo. A memória é uma das habilidades cognitivas mais afetadas na fibromialgia, incluindo vários de seus subcomponentes.

730Sua pontuação

400Média para a sua idade

Memória de Trabalho

A memória de trabalho, também conhecida como memória operativa, pode ser definida como o conjunto de processos que permitem armazenar e manipular temporariamente informações para realizar tarefas cognitivas complexas, como compreensão da linguagem, leitura, habilidades matemáticas, aprendizado ou raciocínio. Pessoas que sofrem de fibromialgia apresentam pior desempenho na memória de trabalho do que as pessoas sem essa doença, principalmente na presença de distratores. Isso pode ter um grande impacto em tarefas mais complexas.

562Sua pontuação

400Média para a sua idade

Denominação

Denominação e fibromialgia. A Denominação é a capacidade que temos de nos referir a um objeto, pessoa, lugar, conceito ou entidade pelo nome. De fato, a fluência verbal e a capacidade de encontrar as palavras certas são freqüentemente alteradas na fibromialgia.

629Sua pontuação

400Média para a sua idade

Percepção

Capacidade de interpretar os estímulos do nosso ambiente.

Excelente

\ $ s % acima da média

Reconhecimento

Reconhecimento e Fibromialgia. Reconhecimento pode ser definido como a capacidade do nosso cérebro para identificar os estímulos que percebemos anteriormente (situações, pessoas, objetos, etc.).

581Sua pontuação

400Média para a sua idade

Reasoning

Capacidade de elaborar (ordenar, relacionar ...) eficientemente as informações adquiridas.

Excelente

\ $ s % acima da média

Planificação

Capacidade de planeamento e fibromialgia. O planeamento é a capacidade de organizar mentalmente a melhor maneira de alcançar uma meta no futuro, como quando organizamos uma história em nossa mente para contar mais tarde. Tanto o planeamento quanto o controle executivo, o raciocínio ou a tomada de decisões podem ser alterados ao longo do desenvolvimento da doença.

657Sua pontuação

400Média para a sua idade

Velocidade de Processamento

Velocidade de processamento e fibromialgia. Velocidade de processamento é o tempo que uma pessoa leva para realizar uma tarefa mental. Pessoas com fibromialgia podem precisar de mais tempo para processar uma certa quantidade de informação.

589Sua pontuação

400Média para a sua idade

Flexibilidade Cognitiva

Flexibilidade cognitiva e fibromialgia. A flexibilidade cognitiva é a capacidade do nosso cérebro de adaptar o nosso comportamento e pensamento a situações novas, mutáveis ​​ou inesperadas.

487Sua pontuação

400Média para a sua idade

Tarefas de avaliação que contém

Nossas avaliações cognitivas digitais

Os testes digitais CogniFit são projetados para medir áreas específicas de cognição e são agrupados para formar baterias personalizadas com base nos requisitos exclusivos do desenho do estudo e da população. Saiba mais sobre nossos diferentes testes e como eles podem atender às necessidades exclusivas de seu estudo explorando os detalhes e demonstrações abaixo.

Teste de toque

O teste de velocidade REST-HECOOR foi inspirado no clássico Finger Tapping Test da avaliação NEPSY (Korkman et al., 1998). O utilizador deve clicar o maior número de vezes possível em 10 segundos e o mais rápido possível com o rato, ou o dedo se estiver a usar um dispositivo táctil, numa área definida do ecrã. Os dados são recolhidos como o número de cliques durante o tempo alocado, o número de cliques dentro da área definida e o número de cliques fora dela.

Teste de Vigilância Psicomotora

O Teste de Resolução REST-SPER foi inspirado nos paradigmas clássicos da Tarefa Go/No Go (Gordon & Caramazza, 1982), do Teste de Desempenho Contínuo (Conners, 1989; Epstein et al., 2001) e da Vigilância Psicomotora (Dinges & Powell, 1985). A pessoa que faz o teste deve clicar rapidamente nos círculos que aparecem no ecrã e ignorar os hexágonos, caso apareçam. Na tarefa existem apenas 16 itens de círculos e 8 itens de círculos e hexágonos. Para cada item, são recolhidos dados sobre o tempo de resposta, precisão de resposta e distância do cursor ao centro do alvo.

Teste de Memória Lexical Multimodal

O teste de identificação COM-NAM é baseado no teste de nomeação de Boston (Kaplan et al., 1983) e no teste de vocabulário WAIS-III (Wechsler, 1997). Para cada objeto exibido, o examinador deve escolher entre três possibilidades: 1) o objeto é apresentado pela primeira vez na tarefa, 2) a última vez que o objeto apareceu foi lido em voz alta ou 3) a última vez que o objeto apareceu. objeto foi apresentado como uma imagem.

Teste de Extensão da Memória de Trabalho Visual

O teste de concentração VISMEM-PLAN teve como referência o block-tapping test de Corsi (Corsi, 1972; Kessels et al., 2000; Wechsler, 1945). Na primeira parte da tarefa, alguns círculos são iluminados, dentro de um conjunto fixo de círculos. A pessoa que faz o teste deve memorizar que círculos foram iluminados e depois tentar reproduzir a sequência na ordem correcta. Na segunda parte da tarefa, é adicionado um atraso de 4 segundos entre o primeiro e o segundo ecrã, com a finalidade de aumentar o tempo que o utilizador deve reter as informações.

Teste de coordenação olho-mão Trajetória fixa e direção previsível

O Teste de Sincronização UPDA-SHIF é baseado no Sistema de Teste de Viena (VST) (Whiteside, 2002). Nesta tarefa, o examinado é solicitado a seguir com cuidado e precisão uma bola se movendo ao longo de um caminho. A distância em pixels entre o centro da bola e o cursor movido pelo usuário será levada em consideração.

Teste Stroop

O teste de equivalência INH-REST é baseado no teste clássico de Stroop (Stroop, 1935). O participante é solicitado a pressionar a barra de espaço (ir) somente se os nomes das cores na tela estiverem impressos na cor correspondente e abster-se de pressionar (não ir) se a cor das letras não corresponder ao nome da cor. cor impressa.

Teste de Atenção Dividida

O Teste de Simultaneidade DIAT-SHIF vem do clássico teste de Stroop (Stroop, 1935), do Sistema de Teste de Viena (Whiteside, 2002) e do Teste de Variáveis de Atenção (Greenberg et al., 1996). O examinado deve seguir com precisão uma bola que se move e gira em todas as direções na tela enquanto, ao mesmo tempo, realiza uma variante do teste de Stroop.

Teste de extensão de dígitos

O teste de sequenciamento WOM-ASM está baseado no clássico teste de dígitos directos e indiretos WAIS-III (Wechsler, 1997). A pessoa que faz o teste deve lembrar e reproduzir sequências numéricas cada vez mais longas, que aparecem dígito a dígito no ecrã. A tarefa começará com uma sequência de dois números.

Teste de nomeação

O teste de decodificação VIPER-NAM foi inspirado no teste de nomeação de Boston (Kaplan et al., 1983) e no teste de vocabulário WAIS-III (Wechsler, 1997). A pessoa que realiza o teste deve clicar na primeira letra do nome do objecto apresentado, dentre as quatro letras exibidas no ecrã. Por exemplo, no caso da imagem de uma "Maçã", o examinador deve clicar na letra "M", mas não nas três respostas incorretas (C, P, A) que também aparecem no ecrã.

Cérebro e fibromialgia

Cérebro e fibromialgia

Embora, à primeira vista, nenhuma lesão possa ser vista no cérebro de pessoas que sofrem de fibromialgia, cada vez mais estudos científicos detectam uma série de descobertas consistentes: pessoas com fibromialgia tendem a ter uma densidade menor de substância cinzenta em algumas áreas. cerebral. As alterações cognitivas comuns na Fibromialgia estão relacionadas justamente a áreas do cérebro com menor densidade:

1 Córtex pré-frontal medial

O córtex pré-frontal é responsável por funções executivas, controle de atenção e memória de trabalho, que freqüentemente representam um problema para pessoas que sofrem de fibromialgia. Vários estudos detectaram uma diminuição na densidade da massa cinzenta nesta área do cérebro de pessoas com fibromialgia.

2 Córtex cingulado posterior

Embora as funções desta porção do córtex cingulado não estejam bem definidas, existe algum consenso de que ela está envolvida de algum modo no armazenamento de memória de longo prazo. Por outro lado, alguns estudos indicam sua participação na regulação da atenção durante tarefas que exigem esforço. Na fibromialgia, também pode haver uma redução no volume dessa estrutura.

3 Hipocampo

O hipocampo é a estrutura cerebral da memória por excelência e está altamente envolvido em várias funções mnésicas. Pacientes que sofrem de fibromialgia podem sofrer alterações nessa estrutura subcortical, consequentemente causando problemas de memória.

Serviço ao cliente

Serviço ao cliente

Se tiver alguma dúvida sobre o funcionamento, gestão ou interpretação dos dados de nossas Avaliações, entre em contacto connosco imediatamente. A nossa equipa de profissionais responderá às suas perguntas e ajuda-lo-á com tudo o que precisar.

Contactar Agora

Referências científicas

Referências científicas

  • Glass, J. M. (2008) Fibromyalgia and cognition. The Journal of Clinical Psychiatry. 69 Suppl 2:20-24.
  • Schmidt-Wilcke, T., Wood, P., & Lürding, R. (2010). Schmerz und Aufmerksamkeit [Cognitive impairment in patients suffering from fibromyalgia. An underestimated problem]. Der Schmerz, 24(1), 46-53.
  • Ambrose, K. R., Gracely, R. H., & Glass, J. M. (2012). Fibromyalgia dyscognition: concepts and issues. Reumatismo, 64(4), 206-215.
  • Galvez-Sánchez, C. M., Muñoz Ladrón de Guevara, C., Montoro, C. I., Fernández-Serrano, M. J., Duschek, S., & Reyes del Paso, G. A. (2018). Cognitive deficits in fibromyalgia syndrome are associated with pain responses to low intensity pressure stimulation. PLOS ONE, 13(8), e0201488.
  • Teodoro, T., Edwards, M. J., & Isaacs, J. D. (2018). A unifying theory for cognitive abnormalities in functional neurological disorders, fibromyalgia and chronic fatigue syndrome: systematic review. Journal of Neurology, Neurosurgery & Psychiatry, 89(12), 1308-1319.
  • Bell, T., Trost, Z., Buelow, M. T., Clay, O., Younger, J., Moore, D., & Crowe, M. (2018). Meta-analysis of cognitive performance in fibromyalgia. Journal of Clinical and Experimental Neuropsychology, 40(7), 698-714.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail