Escolha sua plataforma e compre
Experimente grátis por um mês com 10 licenças.
Para que vai ser usada a conta?
Cadastre-se
loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Monitorizacion_social_picture
  • Acesse uma bateria completa de testes cognitivos para avaliar a atualização

  • Identifica e analisa alterações ou déficits

  • Ferramentas validadas para melhorar ou reabilitar a atualização e outras funções executivas

loading

O que é a atualização?

A atualização é a capacidade para inspecionar ações ou condutas à medida que uma tarefa é realizada para garantir que está sendo feita de acordo com o plano de ação. Em outras palavras, a atualização é o que permite garantir que seu comportamento é adequado em uma situação determinada e seja adaptado a possíveis circunstâncias variáveis. A atualização permite identificar e corrigir o plano original, sendo uma função que usamos inúmeras vezes ao dia. O treinamento e a prática cognitivos pode melhorar a atualização.

Atualização como parte das funções executivas

De acordo com a Teoria das funções executivas de Miyake e Friedman, os seus elementos principais são os seguintes:

  • Atualização: A habilidade para ver o que você está fazendo com o fim de garantir que é possível realizar um plano adequadamente. A atualização permite monitorar o que você está fazendo para garantir que está sendo realizado corretamente, e corrigir quaisquer problemas ou adaptar-se a quaisquer alterações que possam acontecer. A atualização está estreitamente relacionada com a inibição.
  • Inibição: A habilidade para controlar respostas impulsivas e automáticas e criar respostas baseadas na atenção e no raciocínio. Ela também faz alusão à habilidade para ignorar estímulos irrelevantes. Se você perceber que um plano não está sendo feito adequadamente, você usa a inibição para deter o plano anterior e poder corrigi-lo.
  • Alteração: A habilidade para adaptar sua conduta e pensamento a situações novas, variáveis e inesperadas. Quando tiver identificado um problema através da atualização e detido as ações erradas com a inibição, a alteração permite adaptar e criar uma resposta adequada.
Juntos, esses três processos tornam possível as outras funções executivas, como a planning memória operacional, a entecipação ou a definição de objetivos.

Exemplos de atualização

  • A atualização é uma habilidade cognitiva que usamos constantemente em nossas vidas, em ambientes sociais e no trabalho. Por exemplo, um carpinteiro terá que usar a atualização para garantir que a prateleira que está elaborando está sendo cortada e colocada adequadamente, enquanto um programador terá que usar constantemente a atualização para garantir que não cometeu nenhum erro em seu código. Um funcionário de qualquer área terá que prestar atenção e garantir que está fazendo o trabalho adequadamente.
  • Quando uma criança faz os deveres de matemática, deve ser capaz de prestar atenção para garantir que está somando corretamente e escrevendo o número certo. Os estudantes também devem fazer anotações na aula sem cometer erros, e a atualização permite controlar e detectar quaisquer erros à medida que escrevem.
  • Quando você está dirigindo para um lugar específico, precisa certificar-se de dirigir com atenção e pegar a saída correta. Você usará a atualização para certificar-se de que está seguindo o caminho certo e prestando atenção às saídas.
  • A atualização também é usada em várias atividades cotidianas, como cozinhar, praticar esportes, escrever, escovar os dentes ou vestir-se.

Problemas e transtornos associados com à atualização

É normal cometer erros durante o dia e não perceber até lhe comprometer. Isso pode acontecer com qualquer um e não é motivo de preocupação. Porém, a atualização deve ser avaliada e controlada se erros importantes são cometidos sem ser percebidos Os problemas com a habilidade de atualização podem tornar outras atividades mais difíceis de realizar.

A atualização pode ser alterada por um grande número de transtornos, sendo o mais comum o Transtorno de Défice de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Porém, a atualização também pode ser alterada pela dislexia, depressão, ansiedade ou demência, como o Alzheimer. As lesões cerebrais, como um derrame também podem alterar a atualização. Alguns estados especificamente alterados, como o excesso ou a falta de sono, intoxicação ou emoções excessivas também podem reduzir a habilidae.

Como é possível medir e avaliar a atualização?

A atualização permite você realizar várias atividades cotidianas de forma rápida e precisa, e por isso avaliar a sua habilidade de atualização pode ajudar em vários aspetos de sua vida. Acadêmico, para ajudar você a prever se um aluno terá dificuldade para escrever ou concluir uma tarefa. Clínico/Médico, para saber se um paciente terá dificuldade para dirigir, tomar a medicação correta ou problemas no dia a dia. Profissional, para ver se um trabalhador será capaz de perceber erros cometidos no trabalho.

Com a avaliação neuropsicológica completa de CogniFit, você pode avaliar fácil e adequadamente várias habilidades cognitivas diferentes, como a atualização, alteração, coordenação óculo-manual, velocidade de processamento, inibição, nomeação, memória contextual, memória operacional, memória visual, identificação e tempo de resposta.

  • Teste de sincronização UPDA-SHIF: Baseado no clássico Wisconsin Card Sorting Test (WCST). Este teste usa a coordenação motora-visual para garantir que a mão que verifica a atividade e a mão que realiza a ação trabalham em conjunto. Se trabalham juntas, a atividade cerebral será equilibrada e a tarefa realizada adequadamente. As áreas cognitivas associadas à velocidade de processamento e a atualização serão ativadas.
  • Teste de equivalências INH-REST: Baseado no clássico teste Stroop. Este teste avalia a habilidade do usuário para diferenteciar dois estímulos diferentes, prestando atenção ao estímulo relevante e ignorando os irrelevantes.
  • Teste de identificação COM-NAM: Este teste usou como referência os clássicos testes Korkman, Kirk and Kemp de 1998 (NEPSY) e o Memory Malingering test (TOMM) para analisar a atualização e outras habilidades cognitivas. Graças a ele, podemos observar a habilidade do usuário para reter informações e classificar estímulos em sua memória. A classificação ou ordem que damos aos objetos ou ideias é possível com a identificação de semelhanças em um grupo.
  • Teste de processamento REST-INH: Inspirado no clássico Test of Variables of Attention, ajuda a perceber e processar estímulos e dar-lhes uma resposta.

Como é possível melhorar ou reabilitar a atualização?

Cada habilidade cognitiva, incluindo a atualização, pode ser treinada e melhorada. CogniFit ajuda você a fazê-lo com uma plataforma profissional.

Neuroplasticidade é o que permite recuperar e melhorar a atualização e outras habilidades cognitivas. CogniFit possui uma bateria de exercícios clínicos criados para ajudar a recuperar a atualização e outros déficits cognitivos. Como os músculos do corpo, o cérebro e seus neurônios são fortalecidos com a prática e uso constante, indicando que treinar a atualização com frequência ajudará a fortalecer as conexões neurais utilizadas e torná-las mais fortes ao longo do tempo.

CogniFit conta com uma equipe de especialistas dedicados ao estudo da plasticidade sináptica e dos processos de neurogénese, que é a ciência por trás do programa personalizado de estimulação cognitiva de CogniFit. O programa personalizado começa com uma avaliação cognitiva inicial para analisar a atualização e outras funções cognitivas fundamentais. Baseado nos resultados obtidos dessa avaliação, ele cria automaticamente um programa de treinamento personalizado para adequar-se às necessidades específicas de cada usuário.

Um treinamento consistente é a chave para melhorar a atualização e CogniFit possui ferramentas profissionais de avaliação e reabilitação para ajudar a melhorar esta função cognitiva. O melhor treinamento apenas leva 15 minutos por dia, de duas a três vezes por semana.

O programa de estimulação cognitiva e as avaliações de CogniFit estão disponíveis online e em dispositivos móveis. Existem várias atividades e jogos interativos que podem ajudar a treinar as habilidades. CogniFit mostrará para você automaticamente um gráfico detalhado com seu perfil cognitivo após cada sessão de treinamento.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail