Escolha sua plataforma e compre
Experimente grátis por um mês com 10 licenças.
Para que vai ser usada a conta?
Cadastre-se

Para usuários de 13 anos ou mais. Crianças menores de 13 anos podem usar CogniFit com um dos progenitores.

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_campo-visual_social_picture
  • Acesse uma bateria completa de testes cognitivos para avaliar o campo de visão

  • Identifica e avalia a presença de alterações ou déficits

  • Recursos validados para melhorar ou reabiltiar o campo de visão e outras habilidades cognitivas

loading

O que é a amplitude do campo de visão?

O campo de visão é o espaço no qual o nosso sistema visual pode detectar a presença de estímulos. Em outras palavras, o campo de visão é o que os nossos olhos veem quando olhamos para um ponto fixo, seja em sua frente ou ao seu redor (periferia). O campo de visão permite perceber seu entorno cotidiano.

Em geral, os limites normais do campo de visão são os seguintes:

  • Porção nasal: Faz alusão ao espaço entre o campo de visão em direção ao nariz. O limite normal nesse campo de visão é 60 graus (eixo horizontal).
  • Porção temporal: Faz alusão ao espaço entre o campo de visão em direção ao ouvido. O limite normal nessa parte é 100 graus (eixo horizontal)
  • Porção superior: O espaço entre o centro do campo de visão e a parte superior. O limite normal para esse campo de visão é 60 graus (eixo vertical).
  • Porção inferior: O espaço do centro do campo de visão e a parte inferior. O limite normal para esse campo de visão é 75 graus (eixo vertical).

Uma redução de quaisquer desses limites do campo de visão poderiam alterar o campo de visão da pessoa ao olhar a um determinado ponto. Isso pode causar dificuldades para ela se movimentar no ambiente.

Exemplos de campo de visão

  • O campo de visão é uma das habilidades mais importantes para uma condução segura. Quando você está se preparando para ultrapassar alguém na estrada, você deve observar os espelhos e a pista para a que deseja passar, sem deixar de prestar atenção à estrada. O campo de visão torna isso possível.
  • Quando você está na aula, deve ser capaz de ver o quadro inteiro ou o livro que está sendo usado para certificar-se de que não está perdendo nenhuma informação. Um campo de visão deficiente pode dificultar essas habilidades e afetar o desempenho acadêmico.
  • Alguns trabalhos exigem um excelente campo de visão, como um guarda de segurança, que tem que ficar de olho em seu entorno e nas câmeras. O campo de visão dele possibilita a realização do trabalho de maneira fácil e eficaz, permitindo a sua própria proteção e a do lugar onde trabalha.
  • Cozinhar e tomar conta de uma criança exigem uma capacidade de visão para poder prestar atenção ao fogão e cuidar da criança. Isto é o que chamamos "ter olhos nas costas". Nesse caso, o campo de visão ajuda você a ser mais eficiente e produtivo.

Transtornos associados com os problemas no campo de visão

Um campo de visão reduzido ou deficiente é geralmente indicado como uma perda de visão ou cegueira em uma área específica do campo de visão. O problema que produz essas deficiências podem ser causados por alterações de diferentes níveis:

  • Nível ocular: O dano nos receptores da retina podem causar cegueira na mesma área do campo de visão.
  • Nível de conexão: O dano ao axônio dos neurônios que transmitem a informação dos olhos ao cérebro também pode causar uma capacidade reduzida de campo de visão. É importante citar que, dependendo do local onde está o dano (antes ou depois do quiasma ótico), o padrão de cegueira será diferente.
  • Nível cerebral: O dano às áreas primárias de visão (localizadas no lobo occipital) pode causar uma capacidade reduzida de campo de visão, similar ao causado pelas lesões oculares, devido à retinopatia cerebral. Porém, o padrão de cegueira será invertido (no axônio horizontal e no vertical).

O tipo de dano pode alterar o campo de visão dependendo do nível. Geralmente, os mais comuns são: os tumores cerebrais, os derrames ou os transtornos cranioencefálicos (todos a nível cerebral). Porém, existe uma ampla variedade de transtornos que podem afetar o campo de visão, como o glaucoma, a diabetes, a esclerose múltipla, o hipertireoidismo , o descolamento da retina, o glioma ótico, a hipertensão e muitos mais.

Estas patologias podem causar vários transtornos, como o escotoma (uma marca ou deficiência visual que forma um ponto de diferentes tamanhos, geralmente no centro no campo de visão) ou a hemianopsia (perda de visão na metade do campo de visão. Existem diferentes tipos, dependendo das áreas afetadas).

Como é possível analisar e avaliar o campo de visão?

O campo de visão permite perceber os estímulos do entorno sem ter que desviar a atenção para um objeto específico. Isso possibilita a realização de múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Por isso, conhecer seu nível de campo de visão pode ser útil para várias áreas. Áreas acadêmicas: saber se um estudante tem dificuldade para observar o quadro ou ler as suas anotações, Ambientes clínicos: ajuda o médico a saber se o paciente pode dirigir com segurança ou Áreas profissionais: saber se um funcionário é capaz de desenvolver adequadamente a sua função.

Com a avaliação neuropsicológica completa de CogniFit, você pode analisar de forma precisa o campo de visão e outras habilidades cognitivas importantes. Ela mede o campo de visão baseada no teste Useful Field of Vision (UFOV), conjuntamente com outras baterias de avaliação neuropsicológica que analisam o campo de visão. Este teste foi desenhado especificamente para medir o campo de visão, mas ele também vai precisar da atenção, memória visual de curto prazo, percepção visual e percepção do espaço.

  • Teste de capacidade visual WIFIVI: a silhueta de um objeto será exibida no meio da tela e desaparecerá de forma quase imediata. Na tela a seguir, será exibida a mesma imagem, além de outras duas, e o usuário deve escolher qual foi a imagem exibida na primeira tela. Em cada rodada, a imagem aparecerá durante menos tempo. À medida que a atividade progressa, ela será mais desafiante e o usuário deve lembrar a localização da segunda imagem e qual foi exibida no meio da tela.

Como é possível melhorar ou reabilitar o campo de visão?

O treinamento pode, em alguns casos, melhorar o campo de visão. CogniFit permite treinar o campo de visão com uma ferramenta profissional e fácil de usar.

A neuroplasticidade é a base para reabilitar o campo de visão e nossas habilidades cognitivas. CogniFit possui uma bateria completa de testes clínicos criados para reabilitar os déficits no campo de visão e em outras habilidades cognitivas. Tal como acontece com os nossos músculos, o cérebro e as suas conexões podem ser fortalecidos através da prática e do exercício. Por isso, treinar o campo de visão com frequência pode ajudar a melhorá-lo com o tempo.

CogniFit possui uma equipe de profissionais especializados no estudo dos processos de plasticidade sináptica e neurogénese, que é a base para o programa personalizado de estimulação cognitiva. Este programa personalizado se ajusta automaticamente às necessidades específicas de cada usuário, garantindo que vai ter acesso aos exercícios que ele mais precisa. O programa começa com uma avaliação cognitiva precisa, que avaliará uma série de habilidades cognitivas e o campo de visão. Com esses resultados, ele proporcionará automaticamente um programa personalizado para ajudar a melhorar o campo de visão e as funções cognitivas que mostraram ser deficientes na avaliação.

A chave para realizar um treinamento cerebral com sucesso é a consistência e o desafio. Os recursos de avaliação e reabilitação de CogniFit para melhorar o campo de visão apenas requerem 15 minutos por dia, de duas a três vezes por semana.

O programa de estimulação cognitiva de CogniFit está disponível online e em dispositivos móveis. Existem vários jogos e exercícios interativos para você se divertir em qualquer lugar. Após cada sessão, CogniFit proporcionará um gráfico detalhado com progresso cognitivo do usuário.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail