Sobre os cookies neste site

Este site usa cookies para melhorar sua experiência on-line. Ao continuar a usar este site sem alterar suas preferências de cookies, consideramos que você está concordando com o uso de cookies. Para mais informações ou para alterar suas preferências de cookies, visite nossa política política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Experimente grátis por um mês com 10 licenças.
Para que vai ser usada a conta?
Cadastre-se

Confirme que o uso das avaliações e treinamentos é para você. Você criará uma conta pessoal. Este tipo de conta foi especialmente criado para ajudar você a avaliar e treinar suas habilidades cognitivas

Confirme se as avaliações e os programas de treinamento cognitivos serão usados por seus pacientes. Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes, a fim de dar a eles acesso às avaliações e programas de treinamento de CogniFit

Confirme que você deseja oferecer treinamento e/ou avaliações cognitivas para seus familiares ou amigos. Você criará uma conta familiar. Esta conta foi criada para fornecer aos membros de sua família acesso a avaliações e treinamentos de CogniFit.

Por favor, confirme que o uso dos treinamentos e avaliações cognitivos é para os participantes do estudo de pesquisa. Você criará uma conta de pesquisa. Esta conta será especialmente desenvolvida para ajudar os pesquisadores em seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme se as avaliações e os programas de treinamento cognitivos serão usados por seus alunos.Você vai criar uma conta de gerenciamento de alunos, a fim de dar a eles acesso às avaliações e programas de treinamento de CogniFit.

Para usuários a partir de 16 anos. Crianças menores de 16 anos podem usar CogniFit com um dos progenitores em uma das plataformas para famílias.

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Habilidades cognitivas
Consistência interna
Confiabilidade teste-reteste
Reação a mudança
0,726
0,842
Atenção Dividida
0,866
0,85
Campo visual
0,806
0,998
Coordenação Olho-mão
0,779
0,876
Denominação
0,687
0,782
Atenção focada
1
0,905
Exploração Visual
0,862
0,922
Estimativa
0,761
0,986
Inibição
0,661
0,697
Memória Auditiva a Curto Prazo
0,915
0,698
Memória Contextual
0,884
0,775
Memória Visual a Curto Prazo
0,866
0,743
Memória a Curto Prazo
0,853
0,721
Memória de Trabalho
0,85
0,696
Memória não verbal
0,787
0,73
Percepção Espacial
0,611
0,907
Percepção Visual
0,751
0,882
Percepção auditiva
0,652
0,904
Planejamento
0,765
0,826
Reconhecimento
0,864
0,771
Tempo de Resposta
0,873
0,821
Velocidade de Processamento
0,888
0,764

Análise de confiabilidade da avaliação(Apenas em Inglês)Descarregar

Avaliação Cognitiva para o Estudo do TDAH (СAB-ADHD)

O teste inovador online de TDA e TDAH permite realizar uma avaliação cognitiva completa e analisar o índice de risco de sofrer TDA e TDAH, além de seu subtipo.

Para quem é?

Este produto não está à venda. Este produto é apenas para fins de pesquisa. Para obter mais informações, confira a Plataforma de pesquisa de CogniFit

Multi-plataforma

Avaliação Cognitiva para o Estudo do TDAH (СAB-ADHD)

Confirme que o uso das avaliações e treinamentos é para você. Você criará uma conta pessoal. Este tipo de conta foi especialmente criado para ajudar você a avaliar e treinar suas habilidades cognitivas

Confirme que você deseja oferecer treinamento e/ou avaliações cognitivas para seus familiares ou amigos. Você criará uma conta familiar. Esta conta foi criada para fornecer aos membros de sua família acesso a avaliações e treinamentos de CogniFit.

Confirme se as avaliações e os programas de treinamento cognitivos serão usados por seus pacientes. Você vai criar uma conta de gerenciamento de pacientes, a fim de dar a eles acesso às avaliações e programas de treinamento de CogniFit

Confirme se as avaliações e os programas de treinamento cognitivos serão usados por seus alunos.Você vai criar uma conta de gerenciamento de alunos, a fim de dar a eles acesso às avaliações e programas de treinamento de CogniFit.

Por favor, confirme que o uso dos treinamentos e avaliações cognitivos é para os participantes do estudo de pesquisa. Você criará uma conta de pesquisa. Esta conta será especialmente desenvolvida para ajudar os pesquisadores em seus estudos nas áreas cognitivas.

-
+
Número de avaliações*

* As licenças de avaliação podem ser usadas para qualquer tipo de avaliação

Bateria computadorizada para avaliar e detectar o índice de risco do TDAH

Bateria computadorizada para avaliar e detectar o índice de risco do TDAH

  • Avalia o índice de risco para a presença de TDAH
  • Para crianças de 7 anos ou mais, adolescentes e adultos
  • Dura cerca de 30-40 minutos
  • Análise de confiabilidade da avaliação - Apenas em Inglês Descarregar

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD) é uma ferramenta profissional que usa tarefas para avaliar com rapidez e precisão a existência de sintomas relacionados ao TDAH.

Para diagnosticar o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade ou Transtorno do Déficit de Atenção (TDAH ou TDA), deve ser realizada uma avaliação multidisciplinar. É importante sempre realizar um diagnóstico diferencial exaustivo para descartar outros sintomas causados por um transtorno do humor, distúrbio de aprendizagem ou outra doença.

Este teste neuropsicológico on-line para pacientes com TDAH faz uma avaliação cognitiva completa e mede o índice de risco de TDAH , levando em consideração os pontos cognitivos fortes e fracos do usuário. A avaliação para pacientes com TDAH também determina o subtipo do distúrbio: predominância desatenta (TDA) ou hiperativa-impulsiva (TDAH). Este teste de TDAH é adequado para crianças a partir de 7 anos, adolescentes e adultos. Qualquer pessoa pode usar facilmente a avaliação neuropsicológica on-line para pacientes com TDAH.

Fazer uma avaliação neuropsicológica completa, a história clínica e a medição de diferentes áreas continuam sendo as ferramentas mais eficazes para detectar e diagnosticar o TDA ou TDAH. Observe que CogniFit não oferece diretamente um diagnóstico médico de TDA/TDAH. Recomendamos usar este teste para pacientes com TDAH como uma ferramenta complementar, e nunca para substituir um diagnóstico clínico.

Os resultados dessa avaliação para pacientes com TDAH podem ser baixados ao concluir o teste on-line, que geralmente dura cerca de 30 a 40 minutos.

Protocolo digitalizado para a avaliação do TDAH (CAB-ADHD)

Protocolo digitalizado para a avaliação do TDAH (CAB-ADHD)

A avaliação cognitiva completa para detectar o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade ou Transtorno do Déficit de Atenção é composta de um questionário e uma bateria de testes neuropsicológicos. A avaliação dura cerca de 30 a 40 minutos.

As crianças e adultos com risco de ter TDAH responderão ao questionário, que avaliará os sintomas clínicos do transtorno relevantes para cada faixa etária. Após o questionário, uma série de tarefas e jogos serão apresentados na tela para avaliar a função cognitiva.

Questionário de critérios de diagnóstico

Serão apresentadas uma série de perguntas simples para detectar os principais critérios de diagnóstico (DSM-5) e sintomas do TDAH. O questionário contém perguntas que foram criadas e adaptadas para cada faixa etária.

Fatores neuropsicológicos e perfil cognitivo

Após o questionário, será exibida uma bateria de tarefas on-line para avaliar os principais fatores neuropsicológicos associados a esse distúrbio, focando especialmente as funções executivas. Ela usa escalas e tarefas apropriadas para cada usuário.

Relatório de resultados abrangente

Após concluir a avaliação cognitiva do TDAH, você receberá um relatório detalhado, no qual verá o índice de risco do usuário de ter TDAH ou TDA (baixo-moderado-alto) e mostrará o tipo (TDAH ou TDA), sinais de alerta, perfil cognitivo, uma análise dos resultados, recomendações e diretrizes. Esses resultados oferecem informações valiosas e podem ajudar um profissional a identificar as estratégias de apoio adequadas para cada usuário.

Resultados psicométricos

Resultados psicométricos

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD) usa algoritmos patenteados e inteligência artificial (IA), o que permite analisar milhares de variáveis ​​e notificar o usuário do risco de TDA ou TDAH, com resultados psicométricos muito satisfatórios .

O perfil cognitivo no relatório neuropsicológico obteve pontuações de alta confiabilidade, consistência e estabilidade. Projetos transversais de pesquisa foram utilizados, como o coeficiente Alfa de Cronbach, atingindo pontuações de quase 0,9. Os testes repetidos atingiram pontuações de quase 1, indicando alta confiabilidade e precisão.

Ver a tabela de validação

Para quem é?

Para quem é?

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD) é apropriada para usuários a partir de 7 anos e adultos que acreditam ter TDAH ou TDA. Qualquer usuário profissional ou particular pode usar facilmente esta bateria de avaliação neuropsicológica. Não é necessário nenhum treinamento especializado ou conhecimentos prévios em sistemas de neurociência ou tecnologia. A bateria é especialmente dirigida a:

Usuários individuais

Conhecer o estado do cérebro, bem como meus pontos fortes ou fracos

A bateria de avaliação cognitiva de CogniFit para o TDAH nos permite medir o estado de nossas habilidades cognitivas relacionadas a esse distúrbio e, através de um questionário simples, conferir se nossos sintomas são compatíveis com o TDAH.

Profissionais da saúde

Avalia os pacientes com precisão e proporciona um relatório detalhado

A avaliação do TDAH de CogniFit ajuda os profissionais de saúde a detectar, diagnosticar e criar um tratamento adequado. Detectar os sintomas e disfunções cognitivas é o primeiro passo para identificar o TDA, ou TDAH, e criar um tratamento neuropsicológico apropriado. Este poderoso software permite estudar várias variáveis ​​e proporciona relatórios completos e personalizados.

Escolas e profissionais da educação

Detecta os estudantes em risco de TDAH. Ajuda a evitar dificuldades acadêmicas e problemas sociais

Esta bateria de testes neuropsicológicos é apresentada no formato de exercícios simples e permite que professores e educadores sem especialização em TDA ou TDAH avaliem objetivamente os alunos e criem relatórios personalizados completos que permitam conhecer os pontos fortes e fracos cognitivos e detectem rapidamente os estudantes que estão em risco de sofrer esse distúrbio. Este teste permite diagnosticar individualmente cada aluno para dar o apoio necessário.

Pais, tutores e particulares

Confere se seus entes queridos podem sofrer TDAH

O teste do TDAH é um recurso científico composto por tarefas simples e intuitivas e exercícios on-line. Isso permite que qualquer pessoa que não tenha treinamento especializado avalie os diferentes fatores neuropsicológicos identificados no TDA e TDAH. O sistema completo de resultados permite que você identifique se existe o risco de sofrer esse transtorno, conferir a tipologia (TDA ou TDAH) e oferece orientações precisas para cada caso.

Pesquisadores

Medir as habilidades cognitivas dos participantes do estudo

Com a Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD), podemos medir com facilidade e precisão as habilidades cognitivas afetadas por esse distúrbio dos participantes de nossa pesquisa científica.

Vantagens

Vantagens

Usar esta ferramenta online baseada em metodologia científica para detectar com rapidez e precisão os sintomas, fraquezas, traços e mau funcionamento dos processos cognitivos afetados por TDA ou TDAH oferece múltiplas vantagens:

RECURSO LÍDER

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD) é um recurso profissional criado por especialistas em doenças neurobiológicas que surgem durante o desenvolvimento. Os testes cognitivos foram patenteados. Esta ferramenta líder é usada pela comunidade científica, escolas, universidades, famílias, associações, fundações e centros médicos em todo o mundo.

FÁCIL DE USAR

Qualquer usuário profissional ou individual (professor, profissional da saúde, etc.) pode usar esta bateria de avaliação neuropsicológica sem ter conhecimentos em sistemas de neurociência ou tecnologia. O formato interativo facilita o uso da avaliação.

INTUITIVO

Todas as tarefas clínicas apresentadas no teste são completamente automáticas. CogniFit tornou todas as tarefas interativas, o que ajuda o usuário a se engajar e curtir o jogo, aumentando a motivação e a compreensão, especialmente em crianças.

RELATÓRIO DE RESULTADOS DETALHADO

A Avaliação Cognitiva para Pacientes com TDAH (СAB-ADHD) fornece feedback de maneira rápida e precisa, criando um sistema útil para analisar os resultados. Isso permite visualizar informações abrangentes e fáceis de entender, para identificar e conhecer os sintomas clínicos, pontos fortes, fracos, índice de risco e tipo de transtorno (TDA ou TDAH).

ANÁLISES E RECOMENDAÇÕES

Este poderoso software permite analisar milhares de variáveis ​​e oferece recomendações específicas para cada subtipo e as necessidades de cada indivíduo.

Quando você deve usar este teste de detecção de TDAH?

Quando você deve usar este teste de detecção de TDAH?

Esta bateria de avaliação cognitiva permite detectar de forma confiável o risco de sofrer TDA ou TDAH em crianças a partir de 7 anos e adultos.

Esta avaliação neuropsicológica do TDAH também identifica o índice de risco de TDAH em adultos.Muitos adultos sofreram problemas de atenção e concentração ao longo da vida, bem como hiperatividade, dificuldade em seguir rotinas ou regras ou situações de impulsividade que não podem controlar. No entanto, mesmo com essas dificuldades ao longo da vida, o transtorno de atenção nunca foi diagnosticado. Embora os adultos com TDA ou TDAH possam ter um QI dentro da média, ou mesmo acima da média, é possível que fossem considerados alunos problemáticos ou tivessem baixo desempenho na escola, devido às dificuldades adicionais que enfrentavam.

O TDA e TDAH estão associados a certos atrasos e algumas dificuldades acadêmicas, profissionais e sociais. Estes transtornos afetam o comportamento e são caracterizados pela presença de distrações moderadas ou graves, curtos períodos de atenção, agitação, instabilidade emocional e comportamentos impulsivos.

Subtipos de TDAH
Sintomas mais representativos
Descrição
Predomínio de falta de atenção
Dificuldades para se concentrar e prestar atenção a um estímulo.
Incapacidade de ouvir e seguir uma conversa
Comportamentos inapropriados e dificuldade em se adaptar a um ambiente social
Muitas vezes perde ou extravia coisas
"Baixa motivação" para iniciar ou concluir tarefas
Mudanças no humor e sintomas de ansiedade e baixa autoestima

Dificuldades para se concentrar e prestar atenção a um estímulo.

As crianças ou adultos com TDA geralmente têm muitos problemas de atenção, mas não mostram hiperatividade. Na verdade, eles poderiam até ser caracterizados por sua lentidão e hipoatividade. Os problemas de atenção são causados ​​por um mau funcionamento ou subdesenvolvimento no córtex pré-frontal do cérebro, impedindo a capacidade de processar corretamente a informação e acionar os mecanismos neurais necessários para: entender uma ação, iniciá-la, evitar distrações e completá-la corretamente. As pessoas com TDA muitas vezes se distraem com atividades ou sons, não prestam atenção aos detalhes e cometem erros por descuido ao realizar um projeto chato ou difícil (seja para a escola, o trabalho ou social).

Incapacidade de ouvir e seguir uma conversa

As crianças e adultos com TDA geralmente têm dificuldade em processar ou concentrar-se em estímulos, razão pela qual pode parecer que eles não estão prestando atenção quando recebem indicações. Isso ocorre porque eles têm dificuldade em se concentrar no que a outra pessoa está dizendo, podendo dificultar a atenção na escola, no trabalho ou mesmo na vida familiar. As pessoas com TDA têm dificuldade para seguir instruções e concluir tarefas ou projetos.

Comportamentos inapropriados e dificuldade em se adaptar a um ambiente social

As deficiências nas habilidades de atenção e nos processos cognitivos que as pessoas com TDA apresentam dificultam a compreensão adequada das interações sociais e seguem as regras ou normas que regulam essas interações. Esta dificuldade em seguir normas estabelecidas pode, ocasionalmente, causar respostas inadequadas e dificuldades de adaptação ao entorno (em casa, na escola, no contexto social, etc.), o que pode levá-los a se sentirem rejeitados, causando baixa autoestima, irritabilidade, comportamento inadequado na sala de aula e desempenho escolar ou profissional deficiente.

Muitas vezes perde ou extravia coisas

É comum que as pessoas com TDA extraviem ferramentas ou outras coisas que precisam para realizar suas tarefas ou atividades diárias (jogos, brinquedos, materiais escolares, etc.). Eles se distraem e esquecem das coisas facilmente. Além disso, podem não se lembrar de onde colocam sua jaqueta ou carteira e esquecer das reuniões, dos projetos ou de outros eventos importantes.

"Baixa motivação" para iniciar ou concluir tarefas

As pessoas com este transtorno geralmente têm problemas para organizar e concluir tarefas e atividades. Esta característica está relacionada à dificuldade que as crianças e os adultos com TDA apresentam para se concentrar em uma determinada ação. A "falta de motivação" não acontece porque a pessoa é preguiçosa ou não entende as instruções, mas porque seu cérebro tem mais dificuldade para bloquear estímulos externos e prestar atenção a uma única ação.

Mudanças no humor e sintomas de ansiedade e baixa autoestima

Estes sintomas podem se desenvolver como consequência da incapacidade de se adaptarem a certas situações e da rejeição que elas podem causar. Eles podem se sentir inferiores ou incompreendidos por seus colegas de classe e professores.

Predominantemente hiperativo-impulsivo
Dificuldade de autocontrole e incapacidade de inibir um comportamento
Muitas vezes são impetuosos e falam ou atuam antes de pensar
Mau planejamento ao realizar tarefas cotidianas
Desempenho profissional ou acadêmico deficiente
Dificuldade para se relacionarem com amigos
Eles são "maus perdedores"
Pode participar de comportamentos perigosos
Parecem estar constantemente em movimento
Movimentos involuntários e mãos e pés inquietos
Dificuldades em iniciar uma tarefa
Muitas vezes, interrompem as conversas ou atividades de outras pessoas
Eles têm pouca paciência e não conseguem fazer tarefas tranquilas ou que requerem atenção

Dificuldade de autocontrole e incapacidade de inibir um comportamento

As crianças e adultos com TDAH com predominância hiperativa-impulsiva são guiados pela espontaneidade. Assim, eles não só têm dificuldade para controlar seu comportamento, mas também seus pensamentos e emoções.

Muitas vezes são impetuosos e falam ou atuam antes de pensar

Eles apresentam dificuldades para identificar as consequências que suas ações podem ter ou analisar cuidadosamente uma situação. É por isso que as coisas que eles dizem ou fazem podem ser inapropriadas para uma determinada situação.

Mau planejamento ao realizar tarefas cotidianas

Essa impulsividade pode causar frustração. Eles podem se sentir frustrados por suas experiências, pois não obtêm os resultados desejados ou esperados de determinadas situações.

Desempenho profissional ou acadêmico deficiente

Dificuldade em adaptar-se às normas de uma situação. O seu desempenho está intimamente relacionado com o autocontrole, o que faz com que eles abandonem as tarefas que acham tediosas ou que não lhes proporcionam nada.

Dificuldade para se relacionarem com amigos

As crianças e adultos com TDAH com predominância hiperativa-impulsiva têm dificuldade para se relacionar e adaptar ao entorno (acadêmico, profissional, familiar, etc.). Sua impulsividade e comportamento "impertinente" às ​​vezes pode causar a sensação de desconforto.

Eles são "maus perdedores"

Algumas pessoas com este subtipo podem ser propensas a brigar, devido à dificuldade do cérebro para analisar uma situação e prever o resultado.

Pode participar de comportamentos perigosos

Muitas vezes, não são conscientes da ameaça ou dos riscos que suas ações podem causar

Parecem estar constantemente em movimento

A hiperatividade é uma sobre atividade motora de comportamento excessivo que torna difícil ficar quieto. Essas pessoas precisam se mover com mais frequência do que seus colegas de classe e apresentam comportamentos inapropriados.

Movimentos involuntários e mãos e pés inquietos

Movimentos involuntários como saltar ou mover-se constantemente de um lugar para outro.

Dificuldades em iniciar uma tarefa

Mesmo quando eles acham divertido e entretido

Muitas vezes, interrompem as conversas ou atividades de outras pessoas

Eles agem de forma inadequada, dizendo ou fazendo coisas que não deveriam

Eles têm pouca paciência e não conseguem fazer tarefas tranquilas ou que requerem atenção

A hiperatividade é mais um comportamento hiperativo, o que significa que é excessivo, descontrolado e implica dificuldades motoras causadas por fatores neurológicos.

Combinado
Mostra sinais combinados de falta de atenção e hiperatividade-impulsividade

Mostra sinais combinados de falta de atenção e hiperatividade-impulsividade

  • Dificuldades concentradas em um estímulo
  • Mudanças no humor e sintomas de ansiedade e baixa autoestima
  • Dificuldade com autocontrole e comportamentos inibidores
  • Pode comportar-se de forma inadequada e falar ou agir antes de pensar
  • Mau planejamento das atividades diárias

Descrição do questionário de critérios de diagnóstico

Descrição do questionário de critérios de diagnóstico

O TDAH e seus subtipos são caracterizados por uma série de sinais e sintomas clínicos. Esses indicadores podem ajudar a compreender a presença deste transtorno, razão pela qual a primeira parte da avaliação CAB-ADHD é um questionário com perguntas adaptadas aos principais critérios de diagnóstico e sintomas para cada faixa etária.

As perguntas incluídas no questionário são semelhantes às que você pode encontrar em um manual de diagnóstico, inquérito clínico ou escalas de avaliação. No entanto, elas foram simplificadas, para que possam ser compreendidas pela maioria das pessoas.

Critérios de diagnóstico para crianças de 7 a 12 anos

Consiste em uma série de perguntas simples que devem ser preenchidas pelo professor ou profissional responsável pela avaliação. O questionário abrange os seguintes domínios: hiperatividade e impulsividade (tem problemas para controlar movimentos e saber como inibir ações), desatenção (não é capaz de prestar atenção durante o tempo necessário para realizar uma atividade), problemas com as relações sociais (frustração, baixa autoestima), aprendizagem e desenvolvimento (histórico, dificuldade em aprender conceitos acadêmicos).

Critérios de diagnóstico para adolescentes de 13 a 17 anos

Consiste em uma série de perguntas simples que podem ser preenchidas por um professor ou familiar responsável pela avaliação. O questionário abrange os seguintes domínios: hiperatividade e impulsividade (sensação de agitação ou impaciência), desatenção (se distrai com facilidade, dificuldade de concentração), habilidades sociais deficientes (falta de empatia e determinação), aprendizado e desenvolvimento (dificuldades acadêmicas, insucesso escolar, etc.).

Critérios de diagnóstico para adultos

Consiste em uma série de perguntas simples que podem ser preenchidas pelo profissional encarregado da avaliação ou pela própria pessoa. O questionário abrange os seguintes domínios: hiperatividade e impulsividade (impaciência, perda de controle), desatenção (organização deficiente, dificuldade para concluir projetos), histórico acadêmico (obstáculos no âmbito acadêmico), dificuldades em áreas profissionais ou sociais (má adaptação).

Descrição da bateria para avaliar os fatores neuropsicológicos afetados pelo TDAH

Descrição da bateria para avaliar os fatores neuropsicológicos afetados pelo TDAH

Ter alterações em algumas habilidades cognitivas pode ser um indicador de TDAH. Um perfil geral das habilidades cognitivas do usuário pode revelar o subtipo de TDAH, bem como a gravidade do transtorno.

Os problemas de hiperatividade, impulsividade, falta de atenção, dificuldades com as relações sociais, acadêmicas e profissionais podem ser causados por déficits em diferentes habilidades cognitivas. Estas são as habilidades e áreas cognitivas medidas pela avaliação CAB-ADHD.

Áreas cognitivas avaliadas
Habilidades cognitivas

Atenção

Capacidade de filtrar distrações e se concentrar em informações relevantes.

Excelente

8.0% acima da média

Atenção focada

Atenção focada e TDAH. A atenção focada é a capacidade de se concentrar em um estímulo alvo, independentemente da duração. As pessoas com TDAH muitas vezes têm dificuldade para prestar atenção aos estímulos ou eventos relevantes que são apropriados em uma determinada situação. Isso pode levar a perder informações importantes na sala de aula.

713Sua pontuação

400Média

Inibição

Controle de inibição e TDAH. A inibição é a capacidade de impedir ou controlar respostas impulsivas (ou automáticas), e gerar respostas apropriadas com a ajuda da atenção e do raciocínio. Ter uma capacidade de inibição deficiente pode causar comportamentos impulsivos e repetitivos. Isso pode levar alguém com TDAH a participar de ações perigosas ou inapropriadas em uma determinada situação.

571Sua pontuação

400Média

Atualização

A atualização pode ser definida como a capacidade de monitorar nosso comportamento e garantir que cumpra o plano de ação preparado. Um dos déficits mais comumente detectados em pessoas com TDAH, principalmente na variante desatenta, são as dificuldades de autorregular o próprio comportamento direcionado a objetivos específicos.

701Sua pontuação

400Média

Memória

Capacidade de reter ou manipular novas informações e recuperar lembranças do passado.

Excelente

8.3% acima da média

Memória Visual a Curto Prazo

Memória visual de curto prazo é a capacidade de reter uma pequena quantidade de informações visuais (letras, figuras, cores, etc.) por um curto período de tempo. A memória visual de curto prazo tem sido apontada como uma medida sensível dos déficits cognitivos no TDAH, pois é um componente importante desse distúrbio.

704Sua pontuação

400Média

Memória de Trabalho

Memória operacional e TDAH. Memória operacional é a capacidade de lembrar e usar uma pequena quantidade de informações necessárias para tarefas cognitivas complexas, como a compreensão da linguagem, a aprendizagem e o raciocínio. Ter uma memória operacional deficiente pode causar problemas para entender o idioma escrito ou falado, ou usar a informação que foi recebida.

564Sua pontuação

400Média

Coordenação

Capacidade de realizar com eficiência movimentos precisos e organizados.

Excelente

8.3% acima da média

Coordenação Olho-mão

Coordenação e TDAH. A coordenação óculo-manual é a capacidade de realizar nossas ações com as mãos dependendo da informação captada pelos olhos. A hiperatividade motora ligada ao controle de movimentos deficiente pode causar uma redução da coordenação óculo-manual, o que pode provocar torpeza.

630Sua pontuação

400Média

Raciocínio

Capacidade de usar com eficiência (organizar, relacionar, etc.) informações adquiridas.

Excelente

8.5% acima da média

Planejamento

Planejamento e TDAH. O planejamento é a capacidade de organizar mentalmente a melhor maneira de concluir um objetivo futuro. As pessoas com TDAH muitas vezes têm a capacidade de planejamento alterada, o que pode causar problemas para prever as consequências de suas ações.

603Sua pontuação

400Média

Tarefas de avaliação

Tarefas de avaliação

Esse recurso científico multidimensional usa várias tarefas de avaliação. Aqui você pode ver exemplos:

Teste de resolução REST-SPER

Este exercício foi inspirado no clássico Test of Variables of Attention (TOVA) e na Hooper Visual Organization Task (VOT) de Hooper. Ele permite avaliar a velocidade visual e a concentração. O profissional poderá observar como a pessoa faz a tarefa de acordo com a habilidade visual-motora.

Teste de Sincronização UPDA-SHIF

O Teste de Sincronização é baseado no clássico Teste Wisconsin de Classificação de Cartas. A tarefa requer coordenação visual-motora para manter a consistência entre os olhos, que observam o movimento, e as mãos, que realizam a ação. Se ambos estiverem coordenados, o usuário equilibrará a atividade cerebral e concluirá a tarefa com êxito. Será necessário ativar os domínios cognitivos relacionados à velocidade de processamento e atualização.

Teste de Equivalências INH-REST

O Teste de Equivalências INH-REST é baseado no clássico teste Stroop. Este teste avalia a capacidade do usuário de discernir entre duas tarefas ao mesmo tempo, concentrando-se na tarefa principal e ignorando as menos importantes. O exercício ajudará a ativar duas partes do cérebro simultaneamente, desenvolvendo as duas partes usadas no processo. Como o usuário precisará atender a mais de um estímulo por vez, o teste exigirá concentração e foco.

Teste de Simultaneidade DIAT-SHIF

O Teste de Simultaneidade DIAT-SHIF deriva do clássico teste Stroop. Essa avaliação cognitiva mede a capacidade de um indivíduo de prestar atenção de forma eficiente a dois estímulos simultaneamente. Em um dos estímulos, o usuário deve alterar sua estratégia e oferecer novas soluções, enquanto o outro estímulo testará a capacidade visual e de monitoramento ao mesmo tempo.

O cérebro e o TDAH

O cérebro e o TDAH

Múltiplas variáveis devem ser consideradas para crianças e adultos com TDAH (ambientais, pessoais, saúde, etc.), mas o que parece ser evidente, de acordo com pesquisas, é que existem certas áreas cerebrais e falta de neurotransmissores que causam o déficit cognitivo. As técnicas de neuroimagem, juntamente com os estudos mais recentes, mostraram que existem várias áreas cerebrais afetadas em pessoas com TDAH.

1 Córtex pré-frontal

O córtex pré-frontal é parte da matéria cinzenta localizada na parte frontal do cérebro (perto da testa, aproximadamente). Essa estrutura do cérebro está estreitamente relacionada às funções executivas, como planejamento, inibição e atualização. As pessoas com TDAH podem sofrer alterações nesta parte do cérebro, o que pode dificultar a organização, garantir que estão realizando as ações necessárias para atingir um objetivo ou inibir ações automáticas.

2 Gânglios basais

Os gânglios basais são um conjunto de estruturas subcorticais localizadas na "base" do cérebro. As principais funções dos gânglios basais são regularizar o movimento voluntário e a aprendizagem das habilidades motoras. Assim, um problema nas conexões que conectam as estruturas cerebrais responsáveis ​​pela inibição com os gânglios basais (responsável pelo movimento voluntário), causa hiperatividade ou movimento excessivo, o que apresentar-se em pessoas com TDAH.

3 Corpo caloso

A ligação entre os dois hemisférios do cérebro.

4 Cingulado anterior

Desempeha um papel importante no gerenciamento de emoções.

Serviço ao cliente

Serviço ao cliente

Se você tiver alguma pergunta sobre a operação, gerenciamento ou interpretação de dados de nossas avaliações, entre em contato conosco imediatamente. Nossa equipe de profissionais resolverá suas dúvidas e ajudará você com tudo o que precisar.

Entre em contato conosco agora

Referências

Referências

  • Westerberg, H., Hirvikoski, T., Forssberg, H., & Klingberg, T. (2004). Visuo-Spatial Working Memory Span: A Sensitive Measure of Cognitive Deficits in Children With ADHD. Child Neuropsychology, 10(3), 155-161.
  • Willcutt, E. G., Pennington, B. F., Boada, R., Ogline, J. S., Tunick, R. A., Chhabildas, N. A., & Olson, R. K. (2001). A comparison of the cognitive deficits in reading disability and attention-deficit/hyperactivity disorder. Journal of Abnormal Psychology, 110(1), 157-172.
  • Felt, B. T., & Biermann, B. (2014). Diagnosis and Management of ADHD in Children. American Family Physician, 90(7), 456-464. Den Heijer, A. E., Groen, Y., Tucha, L., Fuermaier, A. B. M., Koerts, J., Lange, K. W., … Tucha, O. (2016). Sweat it out? The effects of physical exercise on cognition and behavior in children and adults with ADHD: a systematic literature review. Journal of Neural Transmission, 124(S1), 3-26.
  • Mahone, E. M., & Denckla, M. B. (2017). Attention-Deficit/Hyperactivity Disorder: A Historical Neuropsychological Perspective. Journal of the International Neuropsychological Society, 23(9-10), 916-929.
  • Enriquez-Geppert, S., Smit, D., Pimenta, M. G., & Arns, M. (2019). Neurofeedback as a Treatment Intervention in ADHD: Current Evidence and Practice. Current Psychiatry Reports, 21(6), 1-7.
  • Fliers, E., Rommelse, N., Vermeulen, S. H. H. M., Altink, M., Buschgens, C. J. M., Faraone, S. V., … Buitelaar, J. K. (2007). Motor coordination problems in children and adolescents with ADHD rated by parents and teachers: effects of age and gender. Journal of Neural Transmission, 115(2), 211-220.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail