Escolha sua plataforma e compre
Experimente grátis por um mês com 10 licenças.
Para que vai ser usada a conta?
Cadastre-se
loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Dislexia-Aula_social_picture

A dislexia na sala de aula

Recursos educativos para tratar as dificuldades de aprendizado na sala de aula. Ferramentas educativas para ajudar a estudantes com dislexia.

  • Tecnologia educativa para tratar a dislexia na sala de aula

  • Recursos para identificar e detectar a dislexia no ambiente acadêmico

  • Estimulação cognitiva e/ou reabilitação para crianças com dislexia

loading

Paciente #141

Cate Brown

catebrown@mail.com

59 anos

Última atividade: 02/01/2016 | 4:09 minutos

Data de cadastro: 01/01/2013

Número total de logins: 23

Inibição

598

Foco

608

Memória Auditiva a Curto Prazo

468

Percepção Espacial

405

Configurar treinamento

Treinamento personalizado

Duração da sessão

15 minutos

Treinamento personalizado

Memória

Concentração

Planejamento mental

Quimioterapia

Alzheimer

Cálculo mental

Percepção espacial

Insônia

Darwin Science Institute

Participantes: 135

Grupos: 24

Mais de 60 anos

Grupo de controle

Participantes: 11

Convidar

Mais de 60 anos

Grupo normal

Participantes: 11

Convidar

Teste de memória

Grupo de controle

Participantes: 5

Convidar

Teste de memória

Grupo normal

Participantes: 5

Convidar

Criar novo grupo

Nome

Tipo de grupo

Grupo de controle

Grupo normal

Salvar

Configuração: Manual

Daniel Foster

Teste de memória

Grupo de controle

0
Treinamento personalizado
1
Memória
0
Concentração
1
Planejamento mental
0
Foco de condução
0
Alzheimer
0
Percepção espacial
0
Derrame cerebral
1
Insônia
1
Cálculo mental
2
Esepra entre sessões de treinamento (horas)
Avaliação cognitiva geral

Ciclos de treinamento

5

Enviar

Estudante #231

Paul Perkins

DaVinci High School

12 anos | Destro

TDAH

DaVinci High School

Estudantes: 357

Cálculo

Lógica

Escritura

Leitura

Memória de Trabalho

565

Denominação

411

Percepção Visual

355

Memória Visual a Curto Prazo

392

Velocidade de Processamento

450

Foco

298

Intervenção TDAH
Treinamento Cognitivo
Habilidades Cognitivas
Foco
Percepção Espacial
Exploração Visual
Mandar este treinamento á Paul Perkins
Fortalezas
Ciências da natureza
Lingua e Literatura
Aducação plástica e visual

Avaliação de CogniFit para tratar a dislexia na sala de aula. Tecnologia educativa desenhada para escolas e professores interessados em tratar a dislexia no ambiente acadêmico.

Essa ferramenta educativa para tratar a dislexia no ambiente acadêmico é um recurso profissional criado por especialistas em transtornos do aprendizado e neuropsicólogos infantis. Permite que professores e educadores não especializados ajudem a tratar a dislexia na sala de aula.

  • Explora com precisão as funções cognitivas dos alunos: Incorpora um processo educativo validado científicamente para ajudar a avaliar de forma objetiva os alunos que apresentam déficits cognitivos. A avaliação de CogniFit para tratar a dislexia na sala de aula ajuda a identificar as dificuldades associadas à dislexia com mais precisão.
  • Evita o fracasso escolar associado à dislexia: A identificação de possíveis riscos é a base para superar as dificuldades de aprendizagem. O melhor tratamento para a dislexia e outros transtornos de aprendizagem é um diagnóstico precoce.
  • Corrige e redireciona as dificuldades específicas: Os professores podem usar programas clínicos de tratamento para os alunos com dislexia. Esses exercícios são integrados e se adaptam às caracterpisticas exclusivas de cada estudante.
  • Faz um seguimento das melhoras e progressos dos estudantes: Proporciona um relatório completo que permite os professores fazer um seguimento minucioso dos resultados cognitivos do estudante. Isso pode ajudar o profissional a criar uma estratégia de aprendizagem mais personalizada, de acordo com as necessidades específicas de cada estudante, especialmente importante para os que sofrem de dislexia.

A dislexia é um transtorno neurobiológico de aprendizagem que afeta cerca de 10-15% dos estudantes. O transtorno dificulta as habilidades para ler, escrever e decodificar quaisquer símbolos alfabéticos. A dislexia é uma das causas principais dos problemas acadêmicos. Por isso, é muito importante para as insituições educativas introduzir novas tecnologias para ajudar a avaliar e encontrar soluções para os transtornos de aprendizagem que apresentam os alunos.

Avaliação para tratar a dislexia na sala de aula:

Tecnologia para avaliar e detectar a dislexia na escola:

Esta plataforma online para tratar a dislexia usa baterias de testes neuropsicológicos e instrumentos padronizados que permitem o professor explorar axaustivamente as funções cognitivas em estudantes com possíveis déficits cognitivos.

Os dados coletados durante a avaliação cognitiva serão apresentados em um relatório minucioso. Essa informação é útil para o professor, pois representa uma fonte fiável que pode ajudar a detectar e identificar a dislexia na escola.

Todos os elementos da avaliação para identificar a dislexia nas escolas são padronizados e adequados para estudantes maiores de 6 anos e adultos. A tecnologia é accesível e desenhada para educadores não especializados nesses tipos de testes. Os exercícios são divertidos para os estudantes e podem ser realizados online, facilitando e entretendo tanto ao educador quanto ao aluno.

Recursos para tratar a dislexia na escola:

Tecnologia educativa para tratar a dislexia na sala de aula:

Recursos tecnológicos para um treinamento cognitivo e/ou reabilitação do estudante. É uma ferramenta de tratamento informatizada, fácil de usar para os professores e divertida para os estudantes.

A tecnologia educativa de CogniFit tem por base a "ginástica cerebral". Uma bateria completa de baterias neurocientíficas desenhadas por especialistas em transtornos de aprendizagem e neuropsicólogos infantis, dirigida para melhorar a conetividade cerebral e as funções cognitivas. Esses exercícios divertidos podem ser praticados online desde qualquer dispositivo. Os jogos e atividades são padronizados e podem ser usados por crianças maiores de 6 anos e adultos.

Os neurônios ativados regularmente tendem a fazer conexões e fortalecer elas com o tempo. Por isso, quando mais ativamos a rede neural, mais rápido e fácil podemos completar uma tarefa determinada. O objetivo do treinamento cerebral e ajudar o aluno disléxico a criar novas estratégias cerebrais para que o cérebro "corrija" os "erros" neuronais e facilite a leitura e decodificação de símbolos alfabéticos.

A avaliação de CogniFit para tratar a dislexia é um recurso educativo que permite o professor planejar um treinamento cerebral e/ou uma reabilitação cognitiva baseada nas necessidades específicas de cada aluno, além de fazer um minucioso seguimento de seus progressos cognitivos. Desde o painel de controle, você pode determinar facilmente o tipo de treinamento cerebral que deseja aplicar para cada aluno: Geral (para estudantes sem transtornos de aprendizagem), ou específico, para crianças com dislexia ou outros transtornos do desenvolvimento. A tecnologia abrange e se adapta automaticamente às características exclusivas de cada aluno.

Avaliação de CogniFit para tratar a dislexia na sala de aula

As dificuldades léxicas em crianças com dislexia são causadas por: déficits no processamento linguístico, memória operacional deficitária e velocidade de processamento lento.

A avaliação de CogniFit para tratar a dislexia na sala de aula é uma ferramento educativa validada e usada por várias escolas e universidades do mundo. Os estudos mostratam que:

  • Melhora a memória operacional e permite os estudantes reter mais informações.
  • Aumenta de forma considerável as palavras lidas por minuto corretamente, no valor de 14.73%.
  • A atividade cerebral muda como resultado do treinamento: Memória operacional e habilidade para detectar erros (24.71%)
  • Os resultados duram até seis meses após a conclusão do treinamento, proporcionando um efeito positivo geral ao estudante com dislexia.

Referências: Conners, C. K. (1989). Manual for Conners’ rating scales. North Tonawanda, NY: Multi-Health Systems. • Wechsler, D. (1945). A standardized memory scale for clinical use. The Journal of Psychology: Interdisciplinary and Applied, 19(1), 87-95 • Korkman, M., Kirk, U., & Kemp, S (1998). NEPSY: A developmental neuropsychological assessment. Psychological Corporation. Korkman, M., Kirk, U., & Kemp, S (1998). Manual for the NEPSY. San Antonio, TX: Psychological corporation. • Tombaugh, T. N. (1996). Test of memory malingering: TOMM. North Tonawanda, NY: Multi-Health Systems. • Rey. Schmidt, M. (1994). Rey auditory verbal learning test: a handbook. Los Angeles: Western Psychological Services. • Toglia, J. P. (1993). Contextual memory test. Tucson, AZ: Therapy Skill Builders. • Stroop, J. R (1935). Studies of interference in serial verbal reactions. Journal of experimental psychology, 18(6), 643. • Heaton, R. K. (1981). A manual for the Wisconsin card sorting test. Western Psycological Services. • Shallice, T (1982). Specific impairments of planning. Philosophical Transactions of the Royal Society B: Biological Sciences, 298(1089), 199-209. • Hooper, E. H. (1983). Hooper visual organization test (VOT). • Greenberg, L. M., Kindschi, C. L., & Corman, C. L. (1996). TOVA test of variables of attention: clinical guide. St. Paul, MN: TOVA Research Foundation. • Asato, M. R., Sweeney, J. A., & Luna, B (2006). Cognitive processes in the development of TOL performance. Neuropsychologia, 44(12), 2259-2269. • Goh, D. S., & Swerdlik, M. E. (1985). FROSTIG DEVELOPMENTAL TEST OF VISUAL PERCEPTION. Test critiques, 2, 293. • Peretz C, Korczyn AD, Shatil E, Aharonson V, Birnboim S, Giladi N. - Computer-Based, Personalized Cognitive Training versus Classical Computer Games: A Randomized Double-Blind Prospective Trial of Cognitive Stimulation - Neuroepidemiology 2011; 36:91-9.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail