Escolha sua plataforma e compre
Experimente grátis por um mês com 10 licenças.
Para que vai ser usada a conta?
Cadastre-se
loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Memoria-auditiva_social_picture
  • Acesse a avaliação neuropsicológica completa de memória auditiva cognitiva

  • Identifica e avalia a presença de alterações ou déficits

  • Estimula e melhora sua memória auditiva e outras funções cognitivas com exercícios clínicos

loading

O que é a memória auditiva ou ecóica?

A memória auditiva, também conhecida como memória ecóica, é um dos registros sensoriais de memória. Este tipo de memória sensorial é curto, mas resistente às lesões cerebrais. As pessoas com amnésia severa continuam sofrendo esse tipo de memória sensorial.

A memória auditiva ou ecóica é um componente que forma a memória sensorial responsável por toda a informação auditiva de curto prazo que recebemos do entorno. Vários estudos destacaram que esse sistema pode armazenar grandes quantidades de informação durante um período de tempo mais longo (uma média de 3 a 4 segundos) do que a memória visual.

A memória auditiva ou ecóica está composta de uma grande área de armazenamento, naturalmente pré-categorizada, que limita a persistência de informação auditiva.

Esse estímulo irá automaticamente para o processador auditivo central, responsável da alternância de sinais elétricos dos sons em conceitos mentais, criando um tipo de imagem sonora, que podemos manter no cérebro durante um período de tempo curto. A imagem sonora só pode ser reproduzida durante o período de tempo curto que segue o estímulo auditivo.

A memória sensorial é medida no córtex auditivo primário. Esta área de armazenamento de memória auditiva se extende por diversas áreas do cérebro porque ela requer o uso de vários processos. A maioria dessas regiões cerebrais estão localizadas no córtex pré-frontal (CPF), a área onde também são monitorados o contole executivo e a concentração mental.

Exemplos de memória auditiva ou ecoica

  • Lembre-se do nome de uma pessoa que você acaba de conhecer
  • Diga o número de telefone que lhe foi dado
  • Lembre-se do endereço que lhe foi dado
  • Ouça o rádio durante um concurso, lembre-se da resposta e telefone para dar sua resposta.
  • Lembre-se da voz de alguém

Transtornos ou patologias relacionados à memória auditiva ou déficits de processamento auditivo

A presença de dificuldades ou problemas para processar a memória auditiva ou ecóica pode estar relacionada com o transtorno de processamento da linguagem, pois essas crianças vão sentir dificuldade para repetir os sons e palavras necessários para adquirir a linguagem. Além desses déficits, muitas vezes são relacionados aos problemas de leitura, o TDAH, a dislexia adquirida, e adiscalculia. As crianças com dificuldades de memória auditiva ou ecóica geralmente têm dificuldade para prestar atenção e lembrar de informações adquiridas oralmente.

  • As crianças com déficits de memória auditiva têm dificuldades com os exercícios compostos por várias etapas.
  • Elas precisam de mais tempo para reconhecer e processar as informações ouvidas.
  • O baixo rendimento escolar também pode estar relacionado ao processamento auditivo dificitário.
  • É comum apresentar problemas de comportamento. Os déficits na capacidade de processamento ou na memória auditiva podem causar frustração na criança e o sentimento de incompetência.
  • As crinças que apresentam déficits na memória operacional tendem a ter dificuldades linguísticas (por exemplo, podem ter dificuldades para desenvolver seu vocabulário, entender a linguagem, aprender uma nova língua...).
  • Dificuldades para soletrar uma palavra, entender um texto, etc.

Nos adultos, podemos detectar problemas auditivos em pessoas que sofreram uma lesão cerebral, um trauma craniano com lesões no dorsolateral, córtex pré-frontal e córtex temporoparietal.

Como é possível avaliar os problemas da memória auditiva?

Com uma avaliação neuropsicológica completa, é possível medir com eficácia e precisão a memória auditiva ou ecóica de um usuário.

A bateria de avaliação neuropsicológica computadorizada para analisar o nível cognitivo, ou a bateria de avaliação cognitiva (CAB), nos permite medir com precisão o nível cognitivo geral do usuário e contém vários testes cognitivos para medir a memória ecóica.

A bateria de testes usada para avaliar a memória auditiva ou ecóica foi inspirada no clássico teste Rey Auditory Verbal Learning Test (RAVLT) de Rey (1964). Os exercícios para medir a memória auditiva tentam avaliar a habilidade do usuário para interpretar os estímulos auditivos. O exercício requererá que o usuário extraia o significado de uma informação proporcionada e compreenda imediatamente a mensagem para completar a ação correspondente.

O teste de sequência WOM-ASM é um teste completo que não só avalia a memória ecóica, mas também o planejamento, a memória visual, a memória de curto prazo, a percepção espacial, o tempo de resposta, a memória operacional e a velocidade de processamento.

É possível melhorar a memória auditiva?

Absolutamente. A chave para melhorar a memória auditiva consiste em melhorar a capacidade de retenção e armazenamento, ajudando a ser o mais eficiente possível.

CogniFit conta com vários tipos de exercícios clínicos para estimular e treinar a memória ecoica. Se a neurociência revelou informações sobre a plasticidade cerebral, é porque quanto mais usarmos um circuito neural, mais forte ele se torna, o que indica que os circuitos usados no processamento auditivo também podem ser melhorados.

Com a avaliação neuropsicológica de CogniFit, mediremos a memória auditiva e, dependendo dos resultados obtidos, criaremos um programa de treinamento completo com exercícios cognitivos personalizados para melhorar a memória auditiva.

O programa de avaliação neuropsicológica de CogniFit foi desenhado por uma equipe completa de neurologistas e psicólogos cognitivos que estudam os processos da plasticidade cerebral e da neurogénese. Apenas são necessários 15 minutos por dia, de 2 a 3 vezes por semana para estimular as habilidades cognitivas associadas à memória auditiva.

O programa está disponível online. Os diferentes exercícios interativos são apresentados no formato de divertidos jogos mentais para jogar online. Após a conclusão de cada sessão, CogniFit proporcionará um relatório detalhado, exibindo o estado cognitivo de cada usuário.

A bateria online de exercícios clínicos de CogniFit ajuda a criar novas sinapses e circuitos neurais para a reorganização e recuperação do funcionamento das áreas cognitivas mais deficitárias, entre as quais está a memória auditiva.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail