Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos seus familiares.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Habilidades Cognitivas
Consistência interna
Teste-re-teste de fiabilidade
Flexibilidade Cognitiva
0,726
0,842
Atenção Dividida
0,866
0,85
Campo visual
0,806
0,998
Coordenação Olho-mão
0,779
0,876
Denominação
0,687
0,782
Foco
1
0,905
Exploração Visual
0,862
0,922
Estimativa
0,761
0,986
Inibição
0,661
0,697
Memória Auditiva a Curto Prazo
0,915
0,698
Memória Contextual
0,884
0,775
Memória Visual a Curto Prazo
0,866
0,743
Memória a Curto Prazo
0,853
0,721
Memória de Trabalho
0,85
0,696
Memória não verbal
0,787
0,73
Percepção Espacial
0,611
0,907
Percepção Visual
0,751
0,882
Percepção auditiva
0,652
0,904
Planificação
0,765
0,826
Reconhecimento
0,864
0,771
Tempo de Resposta
0,873
0,821
Velocidade de Processamento
0,888
0,764

Multi-dispositivo

Análise da fiabilidade da avaliação(Apena em inglês)Download

Testes online de Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB)

Teste on-line inovador para conductores. Avalia os processos cognitivos / psicológicos envolvidos na condução de veículos e avalia habilidades, capacidade e desempenho do conductor. Estes completos testes neuropsicológicos para a condução segura podem prever a qualidade da condução do veículo e identificar o nível de risco ou o índice de tendência ao acidente (alto-médio-baixo).

A quem se dirige?

Testes online de Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB)

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos seus familiares.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

-
+
Número de avaliações*

* As licenças de avaliação podem usar qualquer tipo de avaliação

Testes online de Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB)

Testes online de Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB)

  • Avalia o estado atual das habilidades cognitivas mais envolvidas na condução.
  • Para os jovens que desejam obter a licença, adultos e idosos.
  • A duração aproximada da prova é de 30-40 minutos.
  • Análise da fiabilidade da avaliação - Apena em inglês Download

A Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB) é uma ferramenta profissional líder que permite saber, através de tarefas neuropsicológicas digitalizadas, se um jovem, adulto ou idoso (saudável ou com patologia), possui a habilidade cognitiva necessária e atitudes ideais para uma direção eficiente e segura.

Os resultados deste teste neuropsicológico fornecem informações relevantes que podem ajudar a prever a qualidade da movimentação do veículo e a identificar o índice de risco ou tendência para acidentes (baixo-médio-alto). Qualquer utilizador particular ou profissional pode lidar facilmente com estes testes para avaliar a habilidade de conduzir.

Este teste de condução é totalmente digitalizado. É realizado online, e a sua duração aproximada é de 30-40 minutos. No final da avaliação, um relatório completo de resultados é obtido automaticamente com informações úteis e totalmente compreensíveis sobre a capacidade, desempenho e habilidades de condução. Este teste fornece informações valiosas que podem ajudar a identificar se há degradação cognitiva ou déficits em aspectos importantes envolvidos na condução (capacidade de estimar distâncias e velocidades, destreza manual, percepção do tempo, habilidades de atenção, percepção auditiva, visual, velocidade ou velocidade de reacção, etc.).

Recomenda-se a realização desta avaliação neuropsicológica quando se deseja prever a capacidade de condução ou o índice de condução do veículo. Este teste é especialmente útil para avaliar conductores de risco e determinar se um conductor profissional será capaz de conduzir com segurança.

Deve-se notar que este teste de condução não é, nem substitui o de condução ou psicotécnico, mas em vez disso explora outras variáveis ​​relevantes para a condução. O seu principal objetivo é contribuir para um baixo índice de acidentes em condutores de veículos.

Protocolo Digitalizado para Avaliação Cognitiva para conductores (DAB)

Protocolo Digitalizado para Avaliação Cognitiva para conductores (DAB)

Este teste completo para conductores permite avaliar os processos cognitivos envolvidos na condução e prever a qualidade do uso do veículo para favorecer um baixo nível de acidente nos conductores.

Esta avaliação multidimensional para a condução consiste num questionário e em testes neuropsicológicos. A duração total desta avaliação funcional para conductores é 30-40 minutos, aproximadamente.

Os resultados obtidos após a realização desta avaliação para conductores podem indicar se uma pessoa está em bom estado cognitivo para conduzir ou se sofre de um déficit que possa representar um perigo para a segurança rodoviária. Pode ser aplicado aos candidatos a uma carta de condução, a pessoas que não conduzem há muito tempo, a pessoas cuja licença foi retirada, a pessoas que sofreram danos cerebrais ou a aquelas que são idosas.

A Avaliação Cognitiva para conductores (DAB) consiste em três secções:

Questionário sobre critérios de diagnóstico

Uma série de perguntas fáceis de responder são apresentadas que devem ser respondidas honestamente. Eles visam conhecer os fatores emocionais e de caráter da pessoa relacionada à condução e sua propensão ao risco (adaptação às regras e regulamentos da estrada, motivação e estilo de condução).

Factores neuro-psicológicos e perfil cognitivo

Continua com umas tarefas digitalizadas, visando avaliar com precisão os principais aspectos cognitivos envolvidos na condução, como atenção ou concentração, percepção, memória, funções executivas, coordenação. Estes testes para conductores permitem a exploração e avaliação de várias habilidades cognitivas fundamentais para a condução e usar escalas para a idade do utilizador. Desta forma, podemos conhecer o perfil neuropsicológico do conductor e a sua tendência para o acidente.

Relatório completo de resultados

No final deste teste de condução, receberemos automaticamente um relatório de resultados totalmente detalhado, onde iremos encontrar uma previsão da qualidade de condução do veículo, índice de tendência de acidentalidade (alto-médio-baixo), desempenho cognitivo, critérios de aptidão, sinais de alerta, perfil neuropsicológico, análise dos resultados em comparação com o grupo de referência do usuário e recomendações. Os resultados oferecem informações valiosas e diretrizes para ação, a base para a identificação de estratégias de apoio.

Resultados Psico-métricos

Resultados Psico-métricos

A Avalaiação Cognitiva para conductores (DAB) usa algoritmos patenteados e tecnologia de inteligência artificial (IA) que permitem que mais de mil variáveis ​​sejam analisadas para obter um perfil cognitivo completo com resultados psicométricos muito satisfatórios. Esse exame neuropsicológico é responsável por medir uma série de habilidades cognitivas essenciais para as exigências da estrada.

Cada uma das tarefas neuropsicológicas incluídas na Avaliação Cognitiva para conductores (DAB) foram desenvolvidos através de pesquisa independente. Isso permite garantir características psicométricas apropriadas para uma avaliação eficaz do cérebro dos conductores e do seu estado cognitivo geral. O perfil cognitivo do relatório neuropsicológico tem alta fiabilidade, consistência e estabilidade. Através de projetos de pesquisa transversal, foram obtidas estatísticas psicométricas com valores próximos a 0,9, como o coeficiente Alpha de Cronbach. Os testes "Teste-Reteste obtiveram valores próximos a 1, demonstrando alta fiabilidade e precisão.

Ver tabela de validação Estimativa e Acidentes de Trânsito

A quem se dirige?

A quem se dirige?

Estes testes de avaliação para a condução de veículos (DAB) podem ser aplicados a um amplo espectro da população, quer sejam jovens candidatos para licenças de condução, pessoas que não conduziram por um longo tempo, pessoas para o qual o cartão foi removido, para pessoas que sofreram danos cerebrais ou para aqueles conductores idosos.

Qualquer utilizador individual ou profissional pode lidar com esta de avaliação neuropsicológica sem dificuldade para conduzir. Para usar este programa , não é necessário ter uma licença de condução ou conhecimento sobre neurociências, ou informática. Destina-se especialmente a:

Conheça e explore meu estado cognitivo

Para jovens, adultos ou idosos que desejam medir o seu estado cognitivo para as exigências de condução

Através da Avaliação Cognitiva para Conductores (DAB) da CogniFit, qualquer utilizador pode conhecer de forma rápida e fácil o seu perfil cognitivo, bem como os seus pontos fortes e fracos. Esta avaliação para a condução poderia ajudar a deixar dúvidas sobre se o nosso estado cognitivo (atenção, memória, planificação...) está num nível adequado para conduzir com segurança ou nos apresentar ao teste de condução. Isso pode ser especialmente útil, por exemplo, para aqueles que não conduziram há muito tempo ou para aqueles que acabaram de se tornar pais e sentem que não estão preparados para liderar com a nova responsabilidade que implica.

Avalie a saúde cognitiva dos meus entes queridos

Para familiares ou tutores

Como médicos ou psicólogos, podemos estar interessados ​​em saber se algum dos nossos pacientes está qualificado para conduzir. A ferramenta da CogniFit pode-nos ajudar a solucionar essas dúvidas.

Medir o grau de melhoria durante a reabilitação cognitiva dos meus pacientes

Para profissionais de saúde

Como médicos ou psicólogos, pode ser interessante saber se algum dos nossos pacientes que sofreram danos cerebrais (acidente vascular cerebral, acidente vascular cerebral ou lesão cerebral traumática), transtorno de estresse pós-traumático ou cujas habilidades cognitivas foram afetadas pela idade (comprometimento cognitivo leve) são treinados para conduzir. A ferramenta CogniFit pode nos ajudar a resolver essas questões.

Examine as habilidades cognitivas dos estudantes da minha escola de condução

Para escolas de condução

Como uma escola de condução, podemos estar interessados ​​em treinar e / ou saber se nossos motoristas aspirantes, ou motoristas novatos, são cognitivamente capazes de dirigir. Na verdade, importantes escolas de condução de diferentes partes do mundo incorporaram o CogniFit como ferramenta de avaliação e / ou treinamento cognitivo para dirigir. Este é o caso do Code Rousseau, que é a empresa líder em França em produtos relacionados com escolas de condução e segurança rodoviária; ou Diversificação Econômica Ocidental no Canadá, ou BSM no Reino Unido. Esta bateria de avaliação cognitiva para motoristas permite dirigir os professores da escola, sem um profundo conhecimento sobre distúrbios cognitivos, avaliar objetivamente seus alunos e detectar rapidamente aqueles em risco.

Estudar as características neuropsicológicas dos participantes da pesquisa

Para pesquisadores e cientistas

A avaliação cognitiva para conductores (DAB) permite uma medição precisa e confortável de um grande número de habilidades cognitivas envolvidas no manejo do carro. A tecnologia CogniFit ltem em consideração milhares de variáveis ​​durante o desempenho das actividades de avaliação para obter dados confiáveis ​​sobre o estado cognitivo do participante.

Avalie as habilidades cognitivas dos conductores da minha empresa

Para recursos humanos e empresas

Os motoristas são uma parte central de muitas empresas (como empresas de transporte de mercadorias, empresas de entrega em casa ou empresas de transporte de pessoas), para que possamos estar interessados ​​em conhecer suas habilidades cognitivas para otimizar seu desempenho e reduzir acidentes.

Vantagens

Vantagens

Usar este suporte de computador com base em metodologia científica para avaliar de forma rápida e precisa o status cognitivo dos motoristas ou aqueles que desejam obter uma carta de condução oferece múltiplas vantagens:

FERRAMENTA PROFISSIONAL

A avaliação cognitiva para conductores (DAB) é um recurso profissional criado por especialistas em neuropsicologia. Os testes cognitivos para conductores foram patenteados. Este instrumento líder é usado pela comunidade científica, escolas de condução, famílias, fundações e centros médicos em todo o mundo.

FÁCIL DE GERIR

Qualquer usuário individual ou profissional (instrutor de condução, médico, psicólogo ...) pode aplicar pessoalmente esta bateria de avaliação neuropsicológica para motoristas sem ter conhecimento de neurociência ou ciência da computação. O formato interativo permite um gerenciamento ágil e efetivo.

TOTALMENTE AUTOMÁTICO

Os testes de avaliação cognitiva para condução (DAB) permite oferecer um feedback rápido e preciso, construindo um sistema completo de análise dos resultados. Ele ajuda a reconhecer e entender os problemas cognitivos que podem afetar o manuseio do veículo.

USO SIMPLES

Todas as tarefas são apresentadas de forma automatizada na forma de divertidos jogos interactivos, facilitando a aplicação e compreensão das instruções.

RELATÓRIO DETALHADO DE RESULTADOS

A Avaliação Cognitiva para conductores (DAB) permite oferecer feedback rápido e preciso, construindo um sistema completo de análise de resultados. Ajuda a reconhecer e compreender problemas cognitivos que podem afectar à condução.

ANÁLISES E RECOMENDAÇÕES

Todas as tarefas clínicas são apresentadas de forma automatizada sob a forma de jogos interativos divertidos, facilitando a aplicação e a compreensão das instruções.

APLICÁVEL EM GRUPO

Este poderoso software permite analisar mais de mil variáveis ​​e oferecer recomendações muito específicas ajustadas às necessidades de cada pessoa. O relatório incluirá padrões de ação com base nos resultados obtidos.

ACESSÍVEL

A avaliação de condução está disponível em 19 idiomas para computadores, tablets e smartphones. Não requer material especializado ou adicional, o que significa que pode ser facilmente aplicado em casas particulares ou empresas.

Em que casos é aconselhável aplicar este teste de avaliação cognitiva para uma condução eficiente e segura?

Em que casos é aconselhável aplicar este teste de avaliação cognitiva para uma condução eficiente e segura?

Graças às suas excelentes qualidades psicométricas e à sua fácil aplicação, a Avaliação Cognitiva para conductores (DAB) da CogniFit pode ser realmente útil para uma ampla variedade de casos. Por exemplo, se um conductor sofrer um ferimento na cabeça num acidente de trânsito, as suas habilidades cognitivas e confiança podem ser prejudicadas. Após a neurorreabilitação correspondente, a avaliação cognitiva para conductores da CogniFit pode ajudar a saber se aquele conductor é capaz de voltar à estrada. No entanto, deve-se ter em consideração que, para conduzir com segurança, não só são necessários requisitos cognitivos mínimos, mas também outros factores, como o conhecimento rodoviário, as habilidades psicotécnicas necessárias, o desempenho perceptivo adequado. - condução (dependente de factores como lateralidade manual), saúde e algumas outras variáveis ​​situacionais.

Se houver suspeita de que uma pessoa pode estar a sofrer de algum tipo de distúrbio, ou simplesmente deseja saber o seu estado cognitivo, recomenda-se realizar esta avaliação para conductores o mais rápido possível. O monitoramento do perfil cognitivo e do bem-estar de uma pessoa permite a detecção precoce de diversos transtornos, evitando a sua cronicidade ou permitindo que o tratamento seja iniciado o mais rápido possível.

Testes neuropsicológicos para a avaliação da capacidade de direção da CogniFit pode ser útil para:

V2_ASSESS_Test_conduccion_CASES_SUBTIPOS
Os sintomas mais representativos
Descrição
V2_ASSESS_Test_conduccion_CASES_SINT_1
Quando solicita ou renova a sua carta de condução
Quando os seus ente-queridos se preocupam pela sua capacidade para conduzir à medida que envelhece
Conduzir depois de um dano cerebral e sua reabilitação
Quando é um conductor profissional
Quando queira identificar fraquezas e fortalezas cognitivas dos conductores
Quando está há muito tempo sem conduzir

Quando solicita ou renova a sua carta de condução

A Avaliação Cognitiva do CogniFit para Conductores (DAB) fornece informações muito importantes sobre o estado cognitivo atual das diferentes habilidades cognitivas envolvidas na condução. Um estado deficiente dessas capacidades indicaria que a pessoa que pretende remover ou renovar a sua carta de motorista não está nas condições de condução mais adequadas. Pelo contrário, resultados positivos implicariam que ele possui habilidades cognitivas suficientes para realizar uma condução segura.

Quando os seus ente-queridos se preocupam pela sua capacidade para conduzir à medida que envelhece

A demência ea insuficiência cognitiva leve (DCL) significam que os motoristas reduziram as capacidades necessárias para conduzir um veículo, o que os torna conductores de risco. - Mas, uma porcentagem de pessoas em fase leve ainda pode passar sem risco de conduzir exames. Conduzir pode ser muito importante para a independência da pessoa com esses problemas, por isso é importante saber se é necessário ou não parar de dirigir. Além disso, as pessoas com demência raramente tomam a decisão de parar de conduzir, devido à falta de consciência dos seus próprios déficits. A aplicação regular da avaliação cognitiva CogniFit para a condução pode ajudar a distinguir quais motoristas são capazes de conduzir e quem pode representar um risco para a segurança rodoviária. Em qualquer caso, pessoas com demência no estágio médio ou avançado não devem conduzir em nenhum caso. No entanto, alguns estudos indicam que os pacientes com demência leve também não devem dirigir, dado o risco que representam para si e para outros, e que apenas 50% das pessoas com MCI são capazes de conduzir. Há uma série de sintomas de alerta que podem indicar a necessidade de realizar esta avaliação para os motoristas, como causar acidentes, se mudar para estradas familiares, detectar pessoas ou veículos que não viu antes, parentes que se preocupam com a condução. ... Qualquer um desses sinais pode ser suficiente. É importante ter em mente que a experiência nem sempre pode compensar os efeitos da idade.

Conduzir depois de um dano cerebral e sua reabilitação

O dano cerebral pode aparecer de maneiras muito diferentes, como um acidente vascular cerebral, um tumor cerebral, um acidente de trânsito e uma série de situações. Lesões no cérebro podem causar alterações leves ou graves no funcionamento cognitivo das pessoas. Muitas vezes, essas alterações impedem ou prejudicam as atividades da vida diária das pessoas, como trabalhar, conduzir ou até mesmo vestir e ir ao WC. No caso de condução, o risco de causar um acidente que afecta a si próprio ou a terceiros aumenta de forma exponencial se a pessoa que dirigiu perdeu ou diminuiu as suas habilidades cognitivas necessárias para dirigir. Em alguns casos, após a neurorrehabilitação adequada, a pessoa recupera um nível suficiente para conduzir. No entanto, é fundamental realizar uma avaliação completa para distinguir se a melhoria é suficiente. A avaliação de conductores da CogniFit cobre esses casos e pode ajudá-lo a decidir sobre se a pessoa pode ou não continuar a condução.

Quando é um conductor profissional

A segurança rodoviária e a condução eficiente são especialmente relevantes quando o usuário está dirigindo profissionalmente. Esta avaliação de condução contribui para saber quais os aspectos cognitivos (tempo de reação, atenção dividida, planeamento ...) podem nos fazer sentir como motoristas, ou se estamos realmente preparados para aspirar a um trabalho deste tipo.

Quando queira identificar fraquezas e fortalezas cognitivas dos conductores

Compreender o funcionamento de diferentes áreas do cérebro nos permite determinar o estado cognitivo e reconhecer pontos fortes e fracos. Esta bateria pode nos ajudar a entender as dificuldades de uma pessoa (por exemplo, problemas de memória versus problemas de atenção), o que facilita o planeamento de treinamento adequado, como o Treino Cognitivo da CogniFit para Conductores.

Quando está há muito tempo sem conduzir

Mesmo quando temos a nossa carteira de motorista aprovada e em vigor, a falta de prática no volante pode nos fazer sentir inseguros ao dirigir o nosso veículo pela cidade, ou para fazer longas jornadas. Também não é estranho que as pessoas que recentemente tiveram uma criança sentem que essa maior responsabilidade faz com que eles duvidem de suas habilidades. Esta avaliação para a condução pode ser usada para verificar se nossas habilidades cognitivas e nossos reflexos estão em um nível apropriado para essas situações.

Descrição do questionário de critérios diagnósticos

Descrição do questionário de critérios diagnósticos

Quando se trata de segurança rodoviária, todas as precauções são pequenas. Além do conhecimento teórico e prático, da capacidade psicotécnica e do bom estado das diferentes habilidades cognitivas, também é importante considerar uma série de factores mais relacionados ao carácter do conductor. Estes factores podem favorecer ou mitigar o risco de acidentes de carro e outros veículos. Portanto, o primeiro passo da avaliação cognitiva para conductores (DAB) da CogniFit consiste num questionário com testes de triagem que ajudam a detectar características de risco em conductores.

Cumprimento das regras e regulamentos da estrada: o factor humano é crucial quando se trata de evitar riscos na estrada. O cumprimento correto das diversas regras e regras rodoviárias contribui enormemente para a redução do risco de acidentes.

Motivação: a motivação é um fator que pode facilitar a tomada de decisões e a boa disposição na estrada, o que ajuda a reduzir o risco de problemas no volante.

Estilo de condução: o estilo de condução refere-se à tendência de criar um conjunto de comportamentos na estrada que têm certas características em comum. Principalmente três tipos são distinguidos: o estilo de condução prudente, o estilo de condução temerário e o estilo de condução agressivo. Dependendo do estilo de condução, o risco de acidente aumentará ou diminuirá.

Critérios diagnósticos em adultos e idosos

Consiste em uma série de itens facilmente respondidos que podem ser preenchidos pelo profissional responsável pela avaliação ou pela pessoa que realiza o teste de avaliação cognitiva para condução. O questionário coleta itens nos seguintes domínios: Conformidade com as regras e regulamentos rodoviários (cumpre as instruções e código de rotas), Motivação (interesse e esforço para manter um comportamento seguro e evitar riscos) e estilo de condução (dirigindo o veículo de forma prudente, temerosa ou agressiva). As questões relativas a cada domínio são adaptadas para as rotinas e atividades dos adultos ou idosos.

Descrição dos testes para avaliar os aspectos neuropsicológicos e o perfil cognitivo dos motoristas

Descrição dos testes para avaliar os aspectos neuropsicológicos e o perfil cognitivo dos motoristas

A alteração de algumas das capacidades cognitivas pode ser suficiente para causar um acidente ou, pelo menos, um aumento de risco. Um perfil específico das habilidades cognitivas envolvidas na condução pode nos dizer se esse risco é maior ou menor. Estudos científicos apontam que a atenção e o tempo de reação são nucleares durante a condução. No entanto, linguagem e memória também parecem ser bons indicadores de risco de acidentes. Além disso, a percepção e as funções executivas são fundamentais para baixas taxas de perda. Dado a importância de ter um bom desempenho cognitivo, os testes de Avaliação Cognitiva para conductores (DAB) dedica grande importância à medição das seguintes áreas e habilidades cognitivas:

Domínios Cognitivos Avaliados
Habilidades Cognitivas

Atenção

Capacidade de filtrar as distrações e concentrar-se em informações relevantes.

Excelente

\ $ s % acima da média

Atenção Dividida

Atenção dividida e condução. A atenção dividida é a capacidade de prestar atenção a mais de um estímulo ou atividade ao mesmo tempo. Estamos prontos para avançar e, de repente, percebemos um sinal que indica a saída que devemos tomar. Se não pudermos prestar atenção corretamente à ultrapassagem e ao sinal de trânsito ao mesmo tempo, ou perderemos informações valiosas para a nossa viagem, ou arriscaremos acidentes em caso de não ultrapassar corretamente. Para conduzir, nossa atenção precisa estar em boas condições.

505Sua pontuação

400Média para a sua idade

Foco

Atenção focada e condução. Atenção focada é a capacidade de concentrar nossa atenção em um estímulo objetivo, independentemente da duração da fixação. Qualquer viagem feita de carro exige prestar atenção à estrada, aos veículos e sinais que aparecem durante a viagem, ou aos indicadores de velocidade, revoluções e gasolina do nosso carro. Uma distração no volante pode ter consequências fatais, por isso é importante ter uma boa atenção focada para reduzir situações perigosas.

459Sua pontuação

400Média para a sua idade

Memória

Capacidade de reter ou manipular novas informações e recuperar memórias do passado.

Excelente

\ $ s % acima da média

Memória de Trabalho

A memória de trabalho, também conhecida como memória operativa, pode ser definida como o conjunto de processos que nos permitem armazenar e manipular temporariamente informações para o desempenho de tarefas cognitivas complexas, como compreensão da linguagem, leitura, habilidades matemáticas, aprendizagem ou raciocínio. A memória de trabalho parece ser a chave durante a condução, tanto para atender às variáveis ​​mais relevantes para a segurança, quanto para processar informações relevantes durante a condução.

490Sua pontuação

400Média para a sua idade

Coordenação

Capacidade de executar com eficiência movimentos precisos e ordenados.

Excelente

\ $ s % acima da média

Tempo de Resposta

Reação e tempo de condução. O tempo de resposta é a capacidade de perceber e processar um estímulo simples e responder a ele, como responder de forma rápida e eficiente a uma questão específica. Se estamos dirigindo com o carro e, de repente, um pedestre está nos atravessando, o tempo que passa desde que percebemos o pedestre, decidimos que temos que pisar no freio e realizar a ação, seria o tempo de reação. Essa capacidade cognitiva pode nos salvar de muitos acidentes.

699Sua pontuação

400Média para a sua idade

Percepção

Capacidade de interpretar os estímulos do nosso ambiente.

Excelente

\ $ s % acima da média

Estimativa

Estimativa e condução. A estimativa é a capacidade de prever, ou gerar uma resposta quando não temos a solução disponível. Quando vamos superar com o nosso carro, precisamos calcular a velocidade do trânsito. A capacidade de estimar é essencial na tomada de decisões em situações de risco para a condução.

557Sua pontuação

400Média para a sua idade

Percepção Espacial

A Percepção espacial é a capacidade do ser humano de ter consciência da sua relação com o meio envolvente no espaço que nos rodeia e de nós próprios. As Meta-análises sobre testes neuropsicológicos indicam que as habilidades viso-espaciais podem ser as mais relevantes para uma direcção adequada.

736Sua pontuação

400Média para a sua idade

Exploração Visual

Rastreio visual e condução. O rastreio visual é a habilidade de pesquisar ativamente e eficientemente os estímulos relevantes em torno de nós através da visão. Ao dirigir, constantemente olhamos para a estrada. Ao fazê-lo, exploramos o terreno com os nossos olhos e detectamos outros veículos, sinais rodoviários e imperfeições na estrada. Uma exploração visual ruim poderia nos levar a não detectar um veículo durante o ultrapassagem e causar um acidente grave.

746Sua pontuação

400Média para a sua idade

Campo visual

Campo visual e condução. O campo visual é a parte do espaço em que nosso sistema visual pode detectar a presença de estímulos. Ao dirigir, ter um campo visual adequado é essencial para reduzir as situações de risco ao volante. Quando vamos superar, temos de olhar para os espelhos e para a faixa que queremos incorporar, mas sem deixar de comparecer à frente. O facto de que podemos olhar pelo espelho retrovisor e ver ao mesmo tempo, a estrada é graças ao campo visual.

515Sua pontuação

400Média para a sua idade

Reasoning

Capacidade de elaborar (ordenar, relacionar ...) eficientemente as informações adquiridas.

Excelente

\ $ s % acima da média

Planificação

A planificação é a habilidade que nos permite seleccionar as acções necessárias para atingir um objetivo, decidir sobre a ordem adequada, atribuir os recursos cognitivos necessários a cada tarefa e estabelecer o plano de acção adequado. A planificação é essencial na condução a um nível táctico, permitindo-nos antecipar qualquer situação de risco e organizar correctamente a reacção.

625Sua pontuação

400Média para a sua idade

Flexibilidade Cognitiva

Flexibilidade cognitiva e condução. A flexibilidade cognitiva é a capacidade de adaptar o nosso comportamento e pensamento a situações novas, em mudança ou inesperadas. Se tomarmos a mesma rota todos os dias para ir ao trabalho, mas um dia houve um acidente e os engarrafamentos podem nos fazer chegar tarde, podemos optar por tomar outra rota onde não podemos encontrar um engarrafamento... Os nossos planos anteriores ou a nossa rotina foi frustrada por uma situação imprevista, mas graças à Flexibilidade Cognitiva conseguimos gerar opções alternativas.

559Sua pontuação

400Média para a sua idade

Tarefas de avaliação que contém

Tarefas de avaliação que contém

Este recurso científico multidimensional tem várias tarefas de avaliação. Aqui pode encontrar alguns exemplos:

Teste de Processamento REST-INH

O teste de processamento REST-INH foi inspirado no teste clássico Variables Of Attention (TOVA). Para realizar esta tarefa de avaliação, é necessário perceber, processar e responder aos diferentes estímulos.

Teste de Estimativa EST-I

O Teste de Estimativa I realiza um processo de previsão futura dos estímulos apresentados na tarefa. Ajudará o profissional a avaliar a capacidade futura de previsão e estimativa de um objecto, tendo em vista a sua velocidade, rota e distância. A tarefa requer atenção ao início do caminho do estímulo, pois isso marcará o resultado das pontuações neste exercício.

Teste de estimativa EST-III

No Teste de Estimativa III, o utilizador deve prever, antecipar ou assumir a posição, a situação e a distância entre as figuras que aparecem na tarefa. Neste caso, atenderemos à visão espacial que o sujeito possui, bem como à capacidade de perceber a distância e o tamanho dos objetos de uma perspectiva 3D.

Teste de Capacidade visual WIFIVI

Este teste foi inspirado pelo Campo de Visão Útil (UFOV) e outros testes de avaliação neuropsicológica que medem o campo visual. O teste avalia a quantidade de informação visual que o indivíduo recebe quando fixa o seu olhar num ponto. Isso permite-nos avaliar com precisão o nosso campo visual.

Cérebro e condução

Cérebro e condução

A condução de veículos é uma atividade muito complexa que requer uma grande quantidade de habilidades cognitivas e, portanto, a coordenação de diferentes áreas do cérebro. Para realizar uma condução eficiente e segura requer muito esforço e recursos para o nosso cérebro, o que nos permitirá usar nossas habilidades cognitivas:

1 Atenção

A atenção é o componente mais básico para uma condução segura. A formação reticular do tronco cerebral nos permite ficar acordados (acordados e claros) para que possamos detectar e agir com estímulos. O lobo parietal nos permite dirigir nossa atenção em torno de nós; de modo que, quando está danificado, ocorre uma hemorragia (uma incapacidade adquirida para atender o lado contralateral do hemisfério danificado). O controlo da atenção é realizado pelo córtex pré-frontal, também essencial para a concentração necessária durante uma viagem.

2 Percepção

Durante a condução, devemos colocar todos os nossos sentidos na estrada, embora os que nos fornecem mais informações sejam de visão e audição. O lobo occipital é aquele que funciona como a informação visual mais básica. Esta informação passa então a ser processada no lobo parietal posterior, o que nos dá informações de onde a informação que vemos está localizada (via dorsal ou "onde" / "como"), enquanto o lobo temporal inferior nos informa sobre o que É o objeto (ventral ou "o que"). Por outro lado, a percepção auditiva ocorre no giro temporal superior. Essas áreas nos permitem ver e ouvir, respectivamente, o que acontece ao nosso redor quando estamos dirigindo.

3 Memória

O hipocampo é essencial para que possamos aprender e lembrar as viagens que fazemos com o nosso veículo. O córtex pré-frontal é o que nos permite reter informação e manipulá-la mentalmente. Por sua vez, a aprendizagem de sequências automáticas do motor (como as que realizamos ao mudar as engrenagens, usando o movimento intermitente ou simplesmente dirigindo o volante ou os pedais) é possível graças aos gânglios basais.

4 Funções Executivas

Planifique uma viagem, seja capaz de responder de forma flexível a um inesperado na estrada, interrompa nossas ações se percebemos que elas podem causar um acidente ... Tudo isso é possível graças ao bom funcionamento do nosso córtex pré-frontal. O córtex cingulado anterior também desempenha um papel importante durante atividades que requerem inibição.

5 Coordenação

Os movimentos voluntários realizados com precisão, como girar o volante como necessário para estacionar o nosso veículo, requer tanto o nosso córtex frontal quanto o nosso cerebelo. As lesões dessas estruturas tendem a causar a incapacidade de mover algumas partes do corpo, ou produzir movimentos erráticos e desalinhados.

Serviço ao cliente

Serviço ao cliente

Se tiver alguma dúvida sobre o funcionamento, gestão ou interpretação dos dados de nossas Avaliações, entre em contacto connosco imediatamente. A nossa equipa de profissionais responderá às suas perguntas e ajuda-lo-á com tudo o que precisar.

Contactar Agora

Referências científicas

Referências científicas

  • Romer, D., Lee, Y.-C., McDonald, C. C., & Winston, F. K. (2014). Adolescence, Attention Allocation, and Driving Safety. Journal of Adolescent Health, 54(5), S6-S15.
  • Anstey, K. (2011). Cognitive and sensory factors associated with safe driving [Diapositives].
  • Stolwyk, R. J., Charlton, J. L., Triggs, T. J., Iansek, R., & Bradshaw, J. L. (2006). Neuropsychological Function and Driving Ability in People with Parkinson’s Disease. Journal of Clinical and Experimental Neuropsychology, 28(6), 898-913.
  • Lee, L., & Molnar, F. (2017). Driving and dementia: Efficient apporach to driving safety concerns in family practice. Can Fam Physician, 63(1), 27-31.
  • Amick, M., Grace, J., & Ott, B. (2007). Visual and cognitive predictors of driving safety in Parkinson’s disease patients. Archives of Clinical Neuropsychology, 22(8), 957-967.
  • Belchior, P. d. C. (2007). Cognitive training with video games to improve Driving skills and driving safety among older adults.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail