Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Bem-vindo à CogniFit! Bem-vindo à CogniFit para pesquisadores!

Registe o seu e-mail a seguir para começar a cuidar do seu cérebro.

Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta destina-se a ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta foi desenhado para ajudá-lo a testar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta destina-se a ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos...) a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos.

Vai criar uma conta familiar. Esta conta foi pensada para dar acesso a avaliações e treino CogniFit para os seus familiares.

Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta foi especialmente elaborada para auxiliar pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta foi pensada para ajudar a diagnosticar e intervir em distúrbios cognitivos em crianças e jovens estudantes.

loading

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_STUDY-COGNITIVE-TRAINING-OLDER-SYMPOSIUM_social_picture

O programa da CogniFit melhora as habilidades cognitivas em adultos mais velhos

Estudo apresentado no Simpósio sobre Avanços na Terapia de Alzheimer

Esta página é apenas informativa. Não vendemos nenhum producto que trate doenças. Os produtos da CogniFit para o tratamento de doenças estão actualmente em validação. Se estiver interessado, visite Plataforma de pesquisa CogniFit
  • Gira confortavelmente a pesquisa de pacientes a partir da plataforma para pesquisadores

  • Avalia e treina até 23 habilidades cognitivas para os participantes do seu estudo

  • Verifique e compare a evolução cognitiva dos participantes para os dados do seu estudo

Começar Agora
loading

Nome original : CogniFit Program Improves Cognitive Abilities Among Older Adults.

Autores : Amos D. Korczyn 1,2,3 , Chava Peretz 1,2,3 , Vered Aharonson 3,4 , Nir Giladi 1 , 2,3 .

  • 1. Departamento de Neurologia, Centro Médico de Tel-Aviv Sourasky, Tel-Aviv, Israel.
  • 2. Escola de Medicina Sackler, Universidade de Tel-Aviv, Tel-Aviv, Israel.
  • 3. NextSig, Israel.
  • 4. Escola de Engenharia, Universidade de Tel-Aviv, Tel-Aviv, Israel.

Simpósio : 10º Simpósio Pan-Asiático Internacional de Hong Kong / Springfield sobre os avanços na terapia de Alzheimer. 28 de fevereiro - 29 de março de 2008; Hong Kong

Cite esta apresentação (formato APA):

  • Korczyn, A. D., Peretz, C., Aharonson, V., & Giladi, N. (2008, February 28, 29 - March 1). CogniFit Program Improves Cognitive Abilities Among Older Adults. 10th International Hong Kong/Springfield Pan-Asian Symposium on Advances in Alzheimer Therapy., 10, 1-3.

Conclusão do Estudo

A CogniFit é significativamente mais eficaz na melhoria das habilidades cognitivas das pessoas idosas do que nos jogos de computador não específicos. Essa melhoria é ainda maior em pessoas que têm um estado cognitivo mais fraco . Atenção focada (P <0,0001), aprendizagem visual-espacial (P <0,001) l, memória de curto prazo (P <0,01) e flexibilidade cognitiva (P <0,01).

Contexto

A degradação cognitiva não é uma consequência natural do envelhecimento, mas tem um grande impacto na população idosa. Felizmente, existem certos factores de protecção e actividades que podem ajudar a retardar o declínio cognitivo , como ler, tocar instrumentos musicais ou jogar certos jogos. A memória episódica é uma das habilidades cognitivas que apresenta os maiores benefícios ao realizar esse tipo de actividade.

Por outro lado, o desempenho organizado e regular dos exercícios cognitivos pode melhorar o desempenho cognitivo e também reduzir o risco de doença de Alzheimer . Também foi observado que a estimulação mental específica e a estimulação mental inespecífica podem ser benéficas.

É por isso que é muito importante conhecer bem os efeitos da estimulação cognitiva em adultos mais velhos. Este estudo tem como objetivo descobrir o que é mais eficaz: estimulação cognitiva personalizada ou estimulação genérica através de jogos de computador.

Metodologia

Para realizar o estudo, 750 participantes foram contactados e que se voluntariaram para avaliar o seu risco de desenvolver Alzheimer, derrame ou queda no futuro. Um ano depois dessa avaliação, foi-lhes oferecida a possibilidade de participar neste estudo. Um total de 155 participantes atendeu aos critérios de inclusão e desejou participar do estudo, 34 dos quais (21,9%) abandonaram o estudo durante o seu desenvolvimento. Os restantes 121 participantes , com idade média de 67 anos e com faixa etária entre 50 e 81 anos, completaram o estudo.

Os participantes foram divididos aleatoriamente em dois grupos: o grupo de treino (N = 66) e o grupo de controlo (N = 55) . A avaliação do NexAde foi aplicada a ambos os grupos, no início e no final do estudo. O grupo experimental conduziu 24 sessões de treino com a CogniFit (sessões de 20 minutos, a cada 2 ou 3 dias) por 3 meses. Em vez disso, o grupo de controlo recebeu um CD com uma selecção de jogos de computador com uma duração semelhante à CogniFit.

  • A avaliação NexAde é um software padronizado, com validação e confiabilidade, para a detecção precoce da doença de Alzheimer. Mede as seguintes habilidades: atenção concentrada, atenção sustentada, reconhecimento, recall, aprendizagem visual-espaço, memória espacial de curto prazo, funções executivas e flexibilidade cognitiva.
  • O CD com jogos de computador incluía 12 jogos populares: triângulo matemático, labirinto, XO, tangram, tênis, Memória - Simon, Memória - Pares, Números, Tetris, Quebra-cabeças, Prática de alvo, Cobra.
  • A CogniFit é um programa de treino cognitivo que atende às necessidades específicas do usuário. As actividades que o treino mostrou, portanto, variavam de um usuário para outro, assim como a dificuldade das actividades ou a frequência com que cada uma delas era apresentada. Quanto maior a pontuação do usuário, maior a dificuldade das actividades.

Resultados e conclusões

A comparação dos resultados das avaliações PRE e POST mostrou que ambos os grupos haviam melhorado o seu desempenho na maioria das habilidades cognitivas medidas. No entanto, o grupo que usou a CogniFit melhorou significativamente todas as habilidades cognitivas medidas . Além disso, esse mesmo grupo também mostrou uma melhora significativamente maior em 4 das habilidades cognitivas medidas que o grupo de controlo . Essas quatro habilidades cognitivas foram: atenção concentrada (P <.0001), aprendizagem visual-espacial (P <.001), memória de curto prazo > (P <.01) e flexibilidade cognitiva (P <.01). A análise regressiva das avaliações indica que, quando a pontuação inicial era baixa, a melhora do grupo utilizado pela CogniFit era maior do que a do grupo que simplesmente utilizava jogos de computador. Quanto menor a pontuação inicial, maior a diferença .

Embora seja verdade que todos os participantes melhoraram o estado das suas habilidades cognitivas, o grupo que usou a CogniFit obteve uma melhora significativamente maior . Desse modo, extrai-se que, quando o treino cognitivo é personalizado e sistemático, o efeito do treino acaba sendo mais eficaz do que o uso de uma grande variedade de jogos inespecíficos. Também destaca que o treino é mais eficaz nos participantes que iniciaram o treino com uma pontuação cognitiva mais baixa, sugerindo que esse tipo de treino pode ser muito benéfico para pessoas com deficiência cognitiva

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail