Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Para o seu próprio uso (apartir dos 13 anos)

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Memoria-auditiva_social_picture
  • Aceda a um completo conjunto de testes de Avaliação Auditiva e outras habilidades cognitivas

  • Identifica e avalia a presença de distúrbios ou défices

  • Estimula e melhora a sua memória auditiva e outras funções com exercícios clínicos

loading

O que é a memória auditiva ou a memória ecoica?

A memória auditiva , também conhecida como memória ecoica, é um dos registros da memória sensorial. Este tipo de memória sensorial é muito curta, mas também muito resistente a danos cerebrais. Pessoas com amnésia severa conservam esta capacidade de memória sensorial.

A memória auditiva ou memória ecoica é um componente da nossa memória sensorial que é responsável por reter todas as informações sonoras de curto prazo que recebemos do nosso entorno. Vários estudos sugerem que este sistema pode armazenar uma maior quantidade de informações e por mais tempo (média de 3-4 segundos) que a memória visual.

A memória auditiva é um armazém de informação que regista informação auditiva, de natureza pré-categorial, de grande capacidade e persistência limitada. Ou seja, a memória auditiva mantém, literalmente, a entrada de informação ou estímulo sonoro antes de ser processado.

Estes estímulos sonoros passam automaticamente para o processador auditivo central, que transforma os sinais eléctricos do som em conceitos mentais, formando uma espécie de imagem sonora, que pode reter o cérebro por um curto período de tempo. A imagem do som pode ser reproduzido apenas durante esse breve período após o estímulo auditivo.

A memória sensorial é registrada no córtex auditivo primário contralateral ao ouvido utilizado . Este armazém de memória auditiva a extende-se a várias áreas cerebralesáreas cerebrais, porque envolve a implementação de vários processos. A maioria das regiões do cérebro envolvidas estão localizadas no córtex pré-frontal (PFC), uma vez que este é o lugar onde o controlo executivo ocorre, e é aqui que é monitorizado o controlo da atenção.

Exemplos de memória auditiva ou memória ecoica

  • Lembrar-se do nome de alguém que acabamos de conhecer
  • Repetir um número de telefone que acabam de dar-nos
  • Lembrar-se da direção do onde combinamos almoçar
  • Ouvir a rádio e que façam uma pergunta com um prémio, e sabe a resposta, e apressa-se a marca o número de telefone para participar
  • Lembrar-se da voz de um familiar

Distúrbios ou patologias relacionadas com défices de memória auditiva ou processamento auditivo

Apresentar dificuldades ou problemas no processamento auditivo ou memória auditiva pode relacionar-se com a possibilidade de sofrer perturbações do desenvolvimento da linguagem, porque a estas crianças vai custar-lhes repetir sons e palavras necessárias para a aquisição da linguagem. Além disso estes défices, correlacionam-se habitualmente com dificuldades na aprendizagem da leitura, TDA-H, dislexia de tipo adquirida e discalculia. As crianças que têm défices de memória ecoica ou memória auditiva, têm geralmente problemas para prestar atenção e lembrar as informações que recebem por via oral .

  • As crianças com défices de memória auditiva têm dificuldade em seguir as instruções que envolvem várias etapas.
  • Eles precisam de mais tempo para reconhecer e processar informações que recebem de forma auditiva.
  • Um desempenho académico baixo, também pode estar relacionado com o processamento auditivo deficiente.
  • É comum que apareçam problemas de comportamento. Os défices no processamento, ou memória auditiva podem levar a criança a frustrar-se e a sentir-se incompetente.
  • As crianças com défices de memória de trabalho tendem a ter dificuldades com a linguagem (por exemplo, pode ter problemas para desenvolver o seu vocabulário, entender a linguagem, aprender um novo idioma...)
  • Dificuldades para soletrar uma palavra, compreensão da leitura, etc ...

Nos adultos, os problemas de memória auditiva podem ser encontrados em pessoas que sofreram uma lesão cerebral, os traumatismos crâneo-encefálicos com lesões no córtex pré-frontal dorso-lateral e no córtex temporo-parietal.

Como se avaliam os problemas de memória auditiva?

Através de uma avaliação neuropsicológica abrangente pode ser avaliada de forma eficiente e fiável a memória ecoica ou a memória auditiva de curto prazo de qualquer pessoa.

Na CogniFit, através da conjunto de testes de avaliação neuropsicológica computadorizada para avaliar o nível cognitivo ou COgnitive Assesment Battery (CAB), podemos medir com precisão o nível cognitivo geral e, especificamente, temos uma série de testes cognitivos para avaliar a memória ecoica.

As tarefas usadas para avaliar a memória auditiva (ou memória ecoica) foram inspiradas num dos testes clássicos chamado Rey Auditory Verbal Learning Test (RAVLT) de Rey (1964) . As tarefas que medem a memória auditiva tentar ajustar a capacidade da pessoa para interpretar estímulos auditivos provenientes do seu entorno. Nesta tarefa intervêm o processo de extração do significado desta informação e, em seguida, a capacidade de compreender a mensagem para finalmente realizar a ação memorística correspondente.

O teste sequencial WOM-ASM é muito abrangente, porque além de avaliar a memória ecoica também realiza uma avaliação da planificação do sujeito, a memória visual, memória de curto prazo, a percepção espacial, o tempo de resposta, a memória do trabalho e a velocidade de processamento.

É possível melhorar a memória auditiva?

Sim, a chave para melhorar a memória auditiva é melhorar a capacidade de retenção e armazenamento, para assim, torná-la mais eficaz.

Na CogniFit temos vários exercícios clínicos para estimular e treinar a memória ecoica ou (memória auditiva). Se alguma coisa nos tem ensinado a neurociência e o estudo da plasticidade cerebral, é que quanto mais usamos um circuito neural mais forte se torna, e isto é aplicável aos circuitos envolvidos nos processos da memória ecoica.

Na CogniFit através do programa de avaliação neurocopsicológica (baseado em divertidos jogos clínicos) avaliaremos a memória auditiva e, com base nos resultados obtidos, oferecemos de forma automatizada um sistema completo de exercícios cognitivos personalizados para melhorar a memória auditiva .

O Programa de Avaliação Neuropsicológica da CogniFit foi concebido por uma equipa de neurocientistas e psicólogos cognitivos que estudam os processos da plasticidade sináptica e neurogênese. São necessários apenas 15 minutos por dia (2-3 dias por semana) para estimular as capacidades e processos cognitivos envolvidos na memória auditiva.

Este programa está disponível via on-line. Os diferente exercícios interactivos são apresentados como divertidos jogos mentais que podem ser practicados através do computador. Após cada sessão, a CogniFit apresentará um gráfico detalhado com a evolução do estado cognitivo.

Tem sido demonstrado que estes exercícios clínicos online da CogniFit estimulam a criação de novas sinapses e circuitos neuronais capazes de re-organizar e recuperar a função dos domínios cognitivos mais danificados, incluindo a memória auditiva.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail