Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se
loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Estimacion_social_picture
  • Aceda a um completo conjunto de testes cognitivos para avaliar a capacidade de estimativa

  • Identifique e avalie a presença de alterações ou défices

  • Instrumentos válidos para melhorar ou reabilitar a capacidade de estimativa e outras funções cognitivas

loading

O que é a capacidade de estimativa?

A estimativa é uma importante função neuropsicológica. Muitas actividades da nossa vida quotidiana dependem da nossa capacidade de estimativa. A estimativa pode definir-se como o processo mental que nos permite prever, ou gerar uma resposta quanto não temos uma solução disponível.

A capacidade de estimativa permite-nos prever a futura localização de um objecto em função da sua velocidade e distâncias actuais. Baseada em variáveis como a distância, o movimento, a velocidade e o tempo. O cérebro anticipa-se durante um momento ao que percebemos. Essa "anticipação" neuronal é a que nos permite reagir com com mais rapidez e controlo.

A estimativa intervém nos processos do pensamento responsáveis da percepção. Uma vez que escolhemos um valor do meio envolvente que queremos processar, avaliamo-lo e estimamo-lo. Dentro dessa avaliação valoramos o estímulo e comparamo-lo com outros processos anteriores e avaliamos os objectivos e os processos.

Esta habilidade chamada estimativa é considerada uma microestratégia que faz parte ao mesmo tempo das macroestratégias do processo de aprendizagem, por isso é muito importante desde o ponto de vista cognitivo.

  • Estimativa da distância: A estimativa da distância é a capacidade para estimar a futura localização de um objecto em função da sua distância actual. Devida a ela é capaz de transitar com êxito num ambiente 3D sem chocar contra outras pessoas ou objectos.
  • Estimativa da velocidade: A estimativa da velocidade é a capacidade para estimar a futura localização de um objecto em base à sua velocidade actual. Esta capacidade permite-lhe mover-se e evitar os obstáculos em movimento à sua volta.
  • Estimativa do movimento: É a capacidade de anticipação ou atraso na percepção do movimento..
  • Estimativa do tempo: Calcular de forma aproximada o tempo que passa entre dois acontecimentos.

Exemplos de capacidede de estimativa

  • Qualquer conductor de automóvel, para realizar uma ultrapassagem com êxito, necessita calcular a velocidade do trânsito. A capacidade de estimativa é essencial na tomada de decisões em situações de risco para a condução.
  • Realizar um juízo quantitativo sobre uma magnitude: estimativa subjetiva do peso de um pacote de arroz.
  • Para apanhar uma bola que alguém nos atira devemos prever a sua velocidade, distância, percurso, peso, etc...
  • Ao andar pela rua cheia de gente, devemos calcular a distância das pessoas que nos rodeiam para que possamos chegar ao destino sem chocar com elas.
  • Transtornos ou patologias associadas a uma capacidade de estimativa deficiente

    Múltiplos transtornos mentais ou desordens neurológicas caracterizam-se por estar ligadas a alterações ou disfunções na capacidade da estimativa. Baixos níveis de estimativa cognitiva podem estar relacionados com lesões no lóbulo frontal. Pacientes que sofreram um traumatismo craneal, tumor cerebral, aneurisma, esclerose múltipla, demência, encefalitis, sindrome de Korsakoff, ansiedade, depressão, etc...

    O álcool, a cannabis e outras drogas que afectam ao nível cognitivo manipulam negativamente o processo de estimativa, fazendo que ao processar dados como a velocidade, tempo e a distância, a nossa estimativa se afaste bastante da realidade. O facto de não realizar estimativas eficazes pode chegar a colocar-nos em situações mais ou menos perigosas.

    Como medir e avaliar a capacidade de estimativa cognitiva?

    A capacidade de estimativa é às vezes crítica em multíplos tipos de actividades. A execução habilidosa de diferentes tarefas perceptivo-motoras depende directamente da capacidade de estimativa mental. A avaliação da capacidade de estimativa pode ser de utilidade práctica de diferentes campos e conductas, tanto em actividades médicas, como profissionais, que resultam ser de grande utilidade para avaliar o desempenho da actividade que realizam centenas de profissionais como (transportadores, controladores aéreos, conductores, deportistas...)

    Através de uma avaliação neuropsicológica completa pode-se valorar de maneira eficaz e fiável um largo rango de habilidades cognitivas, entre elas, a habilidade da estimativa.

    Em concreto, para avaliar a capacidade de estimativa, contamos com diferentes tarefas válidas que permitem valorar com precisão a capacidade do usuário para prever a velocidade, distância ou o tempo, entre outros parâmetros.

    • O Teste de Estimativa I, leva um processo de predicção futura sobre os estímulos que se apresentam na tarefa. Ajudará ao profissional a avaliar o resultados das pontuações neste exercício.
    • O Teste de Estimativa II, prevê outra maneira de medir a estimativa. Esta vez, uma estimativa ou predicção auditiva, uma vez que dependerá da atenção auditiva e da memória a curto prazo o óptimo resultado da tarefa. A tarefa deve realizar-se num lugar livre de ruídos externos e com plena atenção para ouvir o estímulo e prevêr ou estimar uma medição.
    • O Teste de Estimativa III, o usuário deverá prevêr, anticipar ou supôr, a posição, a situação e a distância entre as figuras que aparecem na tarefa. Neste caso prestaremos atenção à visão espacial que tem o sujeito, assim como a capacidade para poder prevêr a distância e tamanho dos objectos desde uma perspectiva 3D.

    Como reabilitar ou melhorar a capacidade de estimativa cognitiva?

    Como qualquer outra habilidade cognitiva, a estimativa pode-se treinar, aprender e melhorar, e na CogniFit ajudamos-lhe de forma profissional.

    O conjunto de exercícios clínicos de estimativa cognitiva que oferece a CogniFit permite treinar as funções cerebrais e a capacidade de estimativa mental. O estudo da plasticidade cerebral ensinou-nos que quanto mais utilizamos um circuito neuronal, mais forte se torna. E isto, é aplicável às redes neuronais que intervêm na capacidade de estimativa.

    O programa de estimativa cognitiva da CogniFit foi criado por uma equipa completa de científicos, neurologistas e psicólogos cognitivos que estudam a plasticidade sináptica e os processos neurogêneses. O sistema patenteado da estimulação cognitiva da CogniFit avalia em primeiro lugar de forma precisa a capacidade de estimativa e outras funções cognitivas fundamentais e, em base aos resultados conseguidos, oferece ao indivíduo, de forma automatizada, um completo regime de treinos cognitivos personalizados e enfocados a melhorar a sua capacidade de estimativa e outras habilidades cognitivas.

    Para estimular e melhorar os processos cognitivos implicados na capacidade de estimativa, é necessário um treino adequado e constante. A CogniFit é um instrumento utilizado pela comunidade científica e centros médicos em todo o mundo. Para uma correcta estimativa são necessários 15 minutos por dia (2-3 dias por semana).

    Este programa está acessível via onine. Os diferentes exercícios interactivos, apresentam-se como jogos mentais que se podem practicar através do computador. Depois de cada sessão, a CogniFit apresentará um gráfico detalhado com a evolução do estado cognitivo.

    Por favor, escreva o seu endereço de e-mail