Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos seus familiares.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Para o seu próprio uso (apartir dos 16 anos)

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Exercícios de memória e mistérios do cérebro

Exercícios de memória e mistérios do cérebro

Exercícios de memória e mistérios do cérebro
  1. Do que estão feitos os sonhos?

    Ainda que os cientistas coincidam que os sonhos são produzidos durante os períodos do sono mais profundo, ainda existe um debate vivo sobre de que estão feitos os sonhos. Uma explicação é que os sonhos são em realidade uma maneira de exercitar o cérebro através da ativação dos e não fazendo exercícios de memória.

  2. Por que dormimos?

    Apesar de que passamos mais de um quarto da nossa vida dormindo, desconhecemos a verdadeira razão para este comportamento. Sabemos que o sono é crucial para a nossa sobrevivência: longos períodos de tempo sem dormir podem causar alucinações e até a morte.

  3. O que são as sensações fantasmas?

    Se estima que 80% dos amputados seguem sentido dor, coceira ou calor, na extremidade perdida. Uma das várias explicações possíveis para este fenômeno é que o cérebro está ligado para funcionar como se o corpo seguisse completo.

  4. Que influência tem o nosso relógio biológico?

    Nossos corpos estão programados para seguir um ciclo de 24 horas, que não afeta somente os nossos ciclos de sono-vigília, mas afeta também a nossa pressão arterial e frequência cardíaca. Os cientistas foram capazes de mostrar que a intensidade da luz pode ajustar o relógio biológico de trás e para frente mediante a regulação do hormônio serotonino, mas ainda estão tentando desvendar o mistério por trás desse mecanismo.

  5. Como são criadas as lembranças?

    Os cientista estão usando técnicas de imagens cerebrais para descobrir o mecanismo responsável da criação e armazenamento das lembranças. Como resultado, sabemos que uma determinada zona do cérebro chamada hipocampo participa deste processo, embora ainda se desconheça qual é o processo real de armazenamento de lembranças.

  6. Por que rimos?

    O sorriso é um dos comportamentos humanos menos conhecidos. Ainda que se sabe que nos faz sentir melhor, se desconhece por quê distintas pessoas riem por coisas diferentes. Uma das hipóteses que é apresentada é que o sorriso tem a ver com o contexto social, que implica em uma compreensão diferente da situação.

  7. Somos afetados pela natureza ou pelo entorno?

    Ou, em outras palavras, o que nos afeta, nossos genes ou nosso entorno? O senso comum nos diz que em partes iguais, mas ainda estamos tratando de determinar o que influencia mais em situações específicas.

  8. Por que envelhecemos?

    Nossos corpos estão equipados com um mecanismo interno para combater as doenças e lesões. Entretanto, conforme envelhecemos este mecanismo é debilitado. As duas teorias principais sobre o envelhecimento apontam para duas razões: 1. O envelhecimento forma parte da nossa genética e é benéfico até certo ponto. 2. O envelhecimento não tem nenhum propósito e simplesmente se deve ao dano celular acumulado ao longo de nossas vidas.

  9. Podemos viver para sempre?

    Provavelmente a resposta seja que não, mas os cientistas estão usando técnicas de congelamento rápido, com temperaturas abaixo de -196 graus Celsius, para manter os cadaveres intactos, até que a ciência seja capaz de encontrar uma solução a esta pergunta.

  10. O que faz com que sejamos conscientes?

    Poderíamos seguir subestimando, mas a nossa capacidade de perceber o nosso entorno e ter experiências subjetivas sobre ele, tem ocupado a investigação científica desde décadas ( investigação cognitiva). Este mecanismo ainda é considerado um mistério.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail