Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos seus familiares.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_LANDING-BEE_BALLOON-00_social_picture
  • Jogue online com "Explode balões" e melhore as suas habilidades cognitivas

  • Aceda a este recurso científico de treino cerebral

  • Desafie o seu cérebro

Começar Agora

Jogo mental Explode balões: Em que consiste?

Explode balões é um jogo de treino cerebral . Para avançar no jogo, teremos que explodir todos os balões passando por cima deles, evitando as bombas e as zonas vermelhas. No entanto, à medida que o nível de complexidade do jogo de treino mental aumenta, as necesidades cognitivas serão maiores.

A dificuldade deste jogo mental é adaptada à medida que treinamos . Explode balões é um recurso científico desenhado para medir continuamente o nosso desempenho e regular automaticamente a complexidade das tarefas, otimizando assim o nosso treino cognitivo. O jogo mental foi aperfeiçoado para que crianças, adultos e idosos treinem e estimulem habilidades cognitivas essenciais .

Como o jogo mental "Explotaglobos" melhora as minhas habilidades cognitivas?

Ao treinar o cérebro com jogos mentais como , um certo padrão de activação neuronal é estimulado. A repetição desse padrão através do treino pode ajudar a encorajar a criação de novas sinapses e circuitos neuronais capazes de re-organizar e recuperar funções cognitivas mais fracas ou danificadas .

O jogo mental Explode balões, foi concebido para estimular o potencial adaptativo do sistema nervoso e ajudar o cérebro a recuperar-se de alterações estruturais, distúrbios ou lesões nas nossas habilidades cognitivas que foram afetadas.

1ª SEMANA

2ª SEMANA

3ª SEMANA

Conexões Neuronais da CogniFit

Projeção gráfica das redes neuronais depois de 3 semanas.

Que habilidades cognitivas posso melhorar com o jogo mental "Explode balões"?

As habilidades cognitivas que estimulamos com este jogo para treinar a mente são:

  • Coordenação mão-olho: no jogo de treino mental Explode balões precisa guiar o cursor habilmente para atingir todos os objectivos evitando as zonas vermelhas, já que são áreas proibidas. Ao praticar este jogo mental, estamos a treinar a nossa precisão e coordenação olho-mão. Estimular esta habilidade pode ajudar-nos a ser mais eficientes ao realizar actividades manuais de precisão, como escrever em papel ou usar o computador.
  • flexibilidade cognitiva: as áreas proibidas a serem evitadas pode mover-se, ou mesmo em níveis avançados, este jogo cognitiva pode exigir de nós que movamos o rato a um alvo de uma determinada cor, o que complica a acção. Praticar este jogo mental pode nos ajudar a fortalecer a nossa flexibilidade cognitiva. Melhorar esta capacidade pode ajudar-nos a ser mais eficientes diante de situações inesperadas ou em mudança, o que nos obriga a reagir rapidamente e a adaptar o nosso comportamento ou conducta. Por exemplo, quando encontramos um beco sem saída e temos que pensar rapidamente numa alternativa, ou quando ligamos a um familiar e responde um estranho.
  • Tempo de reacção: Neste jogo, existem algumas áreas proibidas que podem mover-se ou aparecer ciclicamente, por isso é necessário poder agir no momento certo para evitar tocá-las. Para executar esta actividade, é necessário um bom tempo de reação. Um bom tempo de reação permitirá responder mais rapidamente a situações que exigem uma resposta iminente. Por exemplo, quando precisamos atravessar a rua antes que um veículo em movimento passe.

Outras habilidades cognitivas relevantes são:

  • Atenção focalizada: Neste jogo mental, temos que detectar os diferentes tipos de estímulos que aparecem no ecrã. Se não notarmos a presença de um explosivo, colidiremos com ele, perdendo uma tentativa. Ao praticar este jogo cerebral, fortalecemos a nossa atenção focalizada. O aprimoramento dessa capacidade cognitiva pode nos ajudar a ser mais eficientes em situações quotidianas nas quais precisamos atender ou detectar qualquer estímulo relevante. Por exemplo, quando temos que fixar a nossa atenção no quadro ou num livro para detectar as informações relevantes.
  • Planificação: Este jogo mental exige que decidamos a ordem na qual vamos a abordar os nossos objetivos. Planificar o movimento antecipadamente pode nos ajudar a atingir o nosso objetivo com mais eficiência. Ao realizar esta tarefa, estamos a estimular a nossa capacidade de planificação. Melhorar esta capacidade cognitiva ajuda-nos a ser mais eficientes nas nossas vidas diárias. Por exemplo, quando pensamos sobre os passos a tomar para alcançar um objetivo, escolher o melhor caminho para chegar a um restaurante, ou quando queremos derrotar os nossos adversários num jogo de tabuleiro.
  • Memória não-verbal: Durante este desafio mental, devemos aprender os padrões de aparência apresentando as áreas vermelhas ou áreas proibidas, o que nos permite evitá-las de forma mais eficiente. Ao praticar este jogo, é possível trabalhar a nossa memória não-verbal. Esta capacidade cognitiva é essencial nas nossas vidas diárias, uma vez que nos permite armazenar estímulos não-verbais, como o rosto dos nossos clientes, ou conhecidos.
  • Atenção dividida: Este exercício mental vai exigir-nos prestar atenção à posição do nosso cursor e ao padrão de ocorrência das zonas vermelhas, simultaneamente. Ao praticar este jogo mental, estaremos a estimular a nossa atenção dividida. O fortalecimento desta capacidade cognitiva pode nos ajudar a ser mais eficientes ao realizar duas ou mais atividades ao mesmo tempo. Por exemplo, quando andamos pela rua enquanto escrevemos com o telemóvel ou quando assistimos às aulas e tomamos notas ao mesmo tempo.
  • Inibição : Se detectarmos um explosivo ou uma zona proibida durante o jogo mental, teremos que parar os nossos planos de ação. Praticar este desafio mental pode nos ajudar a estimular e melhorar a nossa capacidade inibitória. Esta habilidade cognitiva é importante para ter maior facilidade de reagir adequadamente às situações em que iniciamos uma acção e quando devemos parar. Por exemplo, quando queremos ultrapassar um carro ou atravessar uma passadeira.
  • Monitorização: Durante o desenvolvimento deste jogo mental teremos que confirmar se as estratégias que estamos a executar funcionam, ou se, pelo contrário, devemos mudar o nosso plano de jogo. Ao praticar este exercício cerebral, estamos a treinar e a ajudar a fortalecer as conexões neuronais envolvidas na nossa capacidade de monitorização. Melhorar esta capacidade cognitiva é fundamental para o nosso dia-a-dia, porque pode nos ajudar a detectar erros mais facilmente. Por exemplo, quando estamos a escrever, a contar uma história, ou quando temos que montar uma peça de mobília.
  • Percepção espacial: neste jogo mental terá de orientar o cursor pelas áreas permitidas ou para alcançar os nossos objetivos, evitando as áreas proibidas e os explosivos. Ao praticar este exercício do cérebro, é possível estimular a nossa percepção espacial. Melhorar esta habilidade pode ajudar a desenvolver-nos melhor no nosso meio, como quando temos que detectar a distância entre o nosso carro e tudo a nossa volta, ou organizar a máquina de lavar louça.
  • Rastreio visual: Neste jogo mental, teremos que detectar rapidamente onde estão os nossos alvos, os explosivos e as áreas proibidas para estabelecer uma rota. Ao praticar esta tarefa, estamos a activar as conexões neuronais envolvidas nos nossos recursos de rastreio visual. Melhorar esta capacidade cognitiva pode nos ajudar a ser mais eficientes nas nossas atividades do dia-a-dia que nos obrigam a procurar estímulos num espaço ou lugar. Por exemplo, quando estamos à procura de um amigo no meio da multidão ou de algumas chaves numa mesa.
  • Percepção visual: Como neste jogo mental temos que distinguir ágil e corretamente os estímulos explosivos alvo na nossa vida quotidiana, somos confrontados com inumeros estímulos que devemos interpretar. Praticar este jogo pode-nos ajudar a estimular a nossa percepção visual, o que pode ser muito útil para o processamento eficiente de informações visuais. Uma percepção visual pobre pode levar a problemas para identificar os carros na estrada, as letras que compõem uma frase ou os obstáculos que encontramos durante a caminhada.
  • Estimação: Durante o desenvolvimento do jogo mental Explode balões temos que calcular o tempo que temos que passar por algumas áreas, dependendo do padrão de ocorrência das zonas vermelhas . Ao fazer isto, estaremos a estimular as conexões neuronais envolvidas na estimativa. Melhorar esta capacidade cognitiva pode-nos ajudar a gerar respostas mais precisas. Por exemplo, quando jogamos basquetebol, evitamos chocar com uma pessoa que passeia pela rua, ou quando temos que travar derrepente para evitar a colisão.
  • Velocidade de processamento: Este jogo mental exige que se estabeleça um plano o mais rápido possível, com o tempo a esgotar-se. É necessário que processemos todos os dados para propôr uma rotae e um plano de acção o quanto antes. Ao praticar este exercício, estamos a estimular e a ajudar a fortalecer as conexões neuronais envolvidas na nossa velocidade de processamento. Melhorar esta capacidade cognitiva pode ajudar-nos a ser mais eficientes ao realizar uma tarefa mental. Por exemplo, resolver um cálculo matemático ou entender um problema que se está criar.

O que acontece quando não treino as minhas habilidades cognitivas?

O nosso cérebro está desenhado para economizar recursos, por isso tende a eliminar as conexões não utilizadas. Assim, se não se aplica de forma natural uma habilidade cognitiva , o cérebro não fornece recursos para esse padrão de activação neuronal, pelo que fica cada vez mais fraco. Isto torna-nos menos capazes de usar essa função cognitiva, tornando-nos menos eficazes nas actividades do nosso dia-a-dia.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail