Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se
loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

Quimioneblina (Chemo Fog) e Quimio Cérebro (Chemo Brain)

Quimioneblina (Chemo Fog) e Quimio Cérebro (Chemo Brain)

É um fato bastante conhecido de que as pessoas que recebem quimioterapia contra o câncer tem um maior risco de desenvolver ao longo de sua vida algum tipo de dano cognitivo, que aquelas que nunca foram submetidas a quimioterapia. Da mesma maneira, os pacientes que foram tratados com alta dose de quimioterapia tem um risco maior que os tratados com uma dose standart. A duração da quimioterapia também pode afetar significativamente o dano cognitivo: quanto mais tempo dure o tratamento, mais será afetada a cognição.

A doença é conhecida como Chemo Fog (quimioneblina) ou Chemo Brain (quimio ), mas ainda se desconhece exatamente o que é o que causa. Já que a quimioterapia não é um tratamento específico, afeta a mais partes do corpo que aquelas nas quais se encontra um tumor. O sistema nervoso central, incluindo o cérebro, é particularmente vulnerável a seus efeitos secundários.

O efeito da quimioterapia nas habilidades cognitivas também parece ser generalizado no lugar de se limitar a uma região cerebral específica. Entre o conjunto de cognitivas que são afetadas pela quimioterapia, se incluem a atenção, a flexibilidade mental, o tempo de reação, a velocidade do processamento da informação, a memória visual-espacial, e a função motora e verbal. Entretanto,se sabe que a quimioterapia poderia causar uma redução da massa cinzenta em todo o cérebro, além de produzir uma redução nas suas regiões do tecido conjuntivo.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail