Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos membros da sua família.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Para o seu próprio uso (apartir dos 13 anos)

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_Dislexia-Aula_social_picture

Dislexia nas Aulas

Recursos educativos para tratar as dificuldades de aprendizagem na aula. Ferramentas tecnológicas orientadas ao aluno com dislexia

  • Plataforma educativa para tratar e intervir na dislexia na aula

  • Recursos orientados a identificar e detectar a dislexia no âmbito escolar

  • Estimulação cognitiva e/ou reabilitação cerebral em alunos com dislexia

loading

Paciente #141

Cate Brown

catebrown@mail.com

59 anos

Última atividade: 02/01/2016 | 4:09 minutos

Data de cadastro: 01/01/2013

Número total de logins: 23

Inibição

598

Foco

608

Memória Auditiva a Curto Prazo

468

Percepção Espacial

405

Configurar treinamento

Treinamento personalizado

Duração da sessão

15 minutos

Treinamento personalizado

Memória

Concentração

Planejamento mental

Quimioterapia

Alzheimer

Cálculo mental

Percepção espacial

Insônia

Darwin Science Institute

Participantes: 135

Grupos: 24

Mais de 60 anos

Grupo de controle

Participantes: 11

Adicionar Participantes

Mais de 60 anos

Grupo normal

Participantes: 11

Adicionar Participantes

Teste de memória

Grupo de controle

Participantes: 5

Adicionar Participantes

Teste de memória

Grupo normal

Participantes: 5

Adicionar Participantes

Criar novo grupo

Nome

Tipo de grupo

Grupo de controle

Grupo normal

Salvar

Configuração: Manual

Daniel Foster

Teste de memória

Grupo de controle

0
Treinamento personalizado
1
Memória
0
Concentração
1
Planejamento mental
0
Foco de condução
0
Alzheimer
0
Percepção espacial
0
Derrame cerebral
1
Insônia
1
Cálculo mental
2
Descanso entre sessões de treinamento (horas)
Avaliação cognitiva geral

Ciclos de treinamento

5

Enviar

Estudante #231

Paul Perkins

DaVinci High School

12 anos | Destro

TDAH

DaVinci High School

Estudantes: 357

Cálculo

Lógica

Escritura

Leitura

Memória de Trabalho

565

Denominação

411

Percepção Visual

355

Memória Visual a Curto Prazo

392

Velocidade de Processamento

450

Foco

298

Intervenção TDAH
Treinamento Cognitivo
Habilidades Cognitivas
Foco
Percepção Espacial
Exploração Visual
Mandar este treinamento á Paul Perkins
Fortalezas
Ciências da natureza
Lingua e Literatura
Aducação plástica e visual

CogniFit Dislexia nas Aulas. Tecnología educativa desenhada para escolas e pessoal docente interessados em abarcar a dislexia no meio educativo.

Esta ferramenta educativa orientada para tratar a dislexia no âmbito escolar, é um recurso profissional criado por especialistas em dificuldades na aprendizagem (DEA) e neuropsicología infantil. Permite aos professores e educadores não especializados a intervenção na dislexia:

  • Explorar de forma precisa as funções cognitivas dos estudantes: Incorporar um sustento científico ao processo educativo que ajude a valorar com objectividade os alunos e identificar os défices cognitivos. A CogniFit Dislexia nas Aulas permite ajudar a reconhecer dificuldades associadas à dislexia com maior precisão.
  • Prevenção do fracasso escolar associado à dislexia: Identificar possíveis riscos na base para poder adiantar-se às dificuldades da aprendizagem. O tratamento mais eficaz para a dislexia é a detecção precoce.
  • Corrigir e/ou orientar as dificuldades específicas: Permite aos docentes desenhar programas automáticos de exercícios clínicos para a intervenção da dislexia na aula. Estes exercícios são inclusivos e adaptam-se às características únicas de cada aluno.
  • Seguimento dos avanços e melhoras dos alunos: Completo relatório automático que permite aos educadores levar um seguimento exaustivo dos resultados cognitivos dos seus alunos. Pode ajudar aos profissionais a enfocar de forma mais eficiente melhorias no processo de ensino e estratégias de aprendizagem. Especialmente importante para os estudantes com dislexia.

A dislexia é um transtorno de aprendizagem de origem neurobiológico que afecta à volta de 10% a 15% dos alunos, dificultando a leitura, escrita, e de maneira geral, a descodificação flída de qualquer simbolo alfabético. É uma das causas mais importantes do fracasso escolar. Por isso, é importante desde as instituições educativas, lançar iniciativas tecnologícas de carácter integrador que ajudem a procurar soluções e procedimentos de avaliação e intervenção psicopedagógica nas aulas.

Avaliação da dislexia nas aulas:

Tecnología para a avaliação e detecção da dislexia nas aulas:

Esta plataforma online tem provas neuropsicológicas e instrumentos standard que permitem ao pessoal docente explorar de forma exaustiva as funções cognitivas dos estudantes e identificar possíveis défices no seu processamento cognitivo.

Os dados recolhidos na valoração cognitiva dos alunos apresentam-se num relatório detalhado. Esta informação é de elevado valor para o professor, e representa um recurso fiável que pode ajudar a detectar e identificar a dislexia nas aulas.

Todos os instrumentos de avaliação e ajuda à detecção da dislexia nas aulas estão normalizados e validados para alunos apartir dos 6 anos, jovens e adolescentes. Esta tecnología está disponível, automatizada e de uso fácil para educadores não familiarizados com este tipo de provas a apresenta-se aos alunos em forma de divertidos exercícios e jogos online.

Recursos para trabalhar a dislexia nas aulas:

Tecnología educativa para trabalhar a dislexia nas aulas:

Recursos tecnológicos orientados ao treino e/ou reabilitação cognitiva dos alunos. É uma ferramenta de intervenção automatizada, fácil de gerir para os docentes e divertida e ainda acessível para os alunos.

A tecnologia educativa da CogniFit está baseada no "brain fitness" ou "treino cerebral": Um completo conjunto de tarefas neurocientíficas desenhadas por especialistas em dificuldades de aprendizagem e neuropsicología infantil orientada a potenciar a ligação cerebral e melhorar as funções cognitivas dos alunos. Estes exercícios clínicos em forma de divertidos jogos, podem practicar-se online, desde qualquer dispositivo. Estão normalizados e validados para alunos apartir dos 6 anos, jovens e adolescentes.

Os neuróneos que normalmente se activam ao mesmo tempo tendem a associar-se e fortalecer-se, pelo que quantas mais vezes activamos uma rede de ligações neuronais, mais agilidade e destreza mostramos no momento de desempenhar uma determinada tarefa. O objectivo do treino cerebral é ajudar o aluno com dislexia a criar uma nova estratégia cerebral que permita restablecer o seu cérebro para que de alguma forma "corrija" esses "erros" neuronais e facilitar o seu acesso ao léxico.

A CogniFit Dislexia nas Aulas é um recurso educativo que permite ao docente planear o treino cerebral e/ou reabilitação cognitiva com base nas necessidades específicas do aluno e levar um seguimento exaustivo dos seus resultados cognitivos. Desde o painel de controlo, pode configurar-se fácilmente o tipo de treino cerebral desejado: Geral (para estudantes que não apresentam disfunção) ou específico, para alunos com dislexia, ou outros transtornos do desenvolvimento. Esta tecnología é de carácter inclusivo, e está adaptado automáticamente às características únicas de cada estudante.

A CogniFit Dislexia nas Aulas

As dificuldades de acesso ao léxico nas crianças com dislexia estão causadas por: Um conjunto de défices no processamento linguístico, um funcionamento deficiente da memória do trabalho e problemas de velocidade do processamento.

A CogniFit Dislexia nas Aulas é uma ferramenta educativa validada científicamente e utilizada por multíplas escolas e universidades de todo o mundo. Os estudos demonstraram que:

  • Melhora a memória do trabalho dos alunos permitindo que o cérebro retenha uma maior capacidade de informação.
  • Aumenta significativamente o número de palavras correctas lidas por minuto 14,73%.
  • A actividade cerebral muda como resultado do treino: Aumenta-se a memória do trabalho e a capacidade para detectar erros (24,71%)
  • Estes resultados prolongam-se até seis meses depois do treino, tendo um efeito absolutamente positivo sobre a dislexia.

Referencias: Conners, C. K. (1989). Manual for Conners’ rating scales. North Tonawanda, NY: Multi-Health Systems. • Wechsler, D. (1945). A standardized memory scale for clinical use. The Journal of Psychology: Interdisciplinary and Applied, 19(1), 87-95 • Korkman, M., Kirk, U., & Kemp, S (1998). NEPSY: A developmental neuropsychological assessment. Psychological Corporation. Korkman, M., Kirk, U., & Kemp, S (1998). Manual for the NEPSY. San Antonio, TX: Psychological corporation. • Tombaugh, T. N. (1996). Test of memory malingering: TOMM. North Tonawanda, NY: Multi-Health Systems. • Rey. Schmidt, M. (1994). Rey auditory verbal learning test: a handbook. Los Angeles: Western Psychological Services. • Toglia, J. P. (1993). Contextual memory test. Tucson, AZ: Therapy Skill Builders. • Stroop, J. R (1935). Studies of interference in serial verbal reactions. Journal of experimental psychology, 18(6), 643. • Heaton, R. K. (1981). A manual for the Wisconsin card sorting test. Western Psycological Services. • Shallice, T (1982). Specific impairments of planning. Philosophical Transactions of the Royal Society B: Biological Sciences, 298(1089), 199-209. • Hooper, E. H. (1983). Hooper visual organization test (VOT). • Greenberg, L. M., Kindschi, C. L., & Corman, C. L. (1996). TOVA test of variables of attention: clinical guide. St. Paul, MN: TOVA Research Foundation. • Asato, M. R., Sweeney, J. A., & Luna, B (2006). Cognitive processes in the development of TOL performance. Neuropsychologia, 44(12), 2259-2269. • Goh, D. S., & Swerdlik, M. E. (1985). FROSTIG DEVELOPMENTAL TEST OF VISUAL PERCEPTION. Test critiques, 2, 293. • Peretz C, AD Korczyn, E Shatil, V Aharonson, Birnboim S, N. Giladi - Baseado num Programa Informático, Treino Cognitivo Personalizado versus Jogos de Computador Clásiscos: Um Estudo Aleatório, Duplo Cego, Prospectivo da Estimulação Cognitiva - Neuroepidemiología 2011; 36:91-9.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail