Sobre Cookies nesta página web

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência online. Ao continuar a utilizar este site sem mudar as suas preferências de cookies, assumiremos que aceita o nosso uso das cookies. Para conseguir mais informação ou mudar as suas preferências de cookies, veja a nossa política de cookies.

Aceitar
Escolha sua plataforma e compre
Tente um mês grátis de carga com 10 licenças.
Para que vai servir a conta?
Cadastre-se

Confirme que os treinos e/ou avaliações são para o seu próprio uso. Vai criar uma conta pessoal. Esse tipo de conta está desenhado para ajudá-lo a avaliar e treinar as suas habilidades cognitivas.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os seus pacientes. Vai criar uma conta de gestão de pacientes. Esta conta está desenhada para ajudar os profissionais de saúde (médicos, psicólogos ...) no diagnóstico e intervenção de distúrbios cognitivos.

Confirme que deseja oferecer treinos e/ou avaliações cognitivas aos seus familiares ou amigos. Vai criar uma conta de família. Esta conta está desenhada para dar acesso às avaliações e treinos da CogniFit aos seus familiares.

Confirme que deseja aceder aos treinos e avaliações cognitivas para os participantes de um estudo de pesquisa. Vai criar uma conta de pesquisa. Esta conta é especialmente desenhada para ajudar os pesquisadores nos seus estudos nas áreas cognitivas.

Confirme que deseja aceder a treinos e avaliações cognitivas para os seus alunos. Vai criar uma conta de gestão de alunos. Esta conta está desenhada para ajudar no diagnóstico e na intervenção de distúrbios cognitivos de crianças e jovens estudantes.

Para o seu próprio uso (a partir dos 16 anos). As crianças menores de 16 anos podem usar a plataforma CogniFit para Famílias.

loading

Ao se registrar e usar CogniFit, você aceita que leu, entendeu e que está de acordo com as de Uso e a de Privacidade de CogniFit.

corporativelanding_LANDING-CROSSROADS-00_social_picture
  • Jogue online ao "Crossroads" e aumente as suas habilidades cognitivas

  • Aceda a este recurso científico de treino cerebral

  • Desafie o seu cérebro

Começar Agora

Jogo mental "Crossroads": Em que consiste?

Crossroads é um jogo de treino cerebral . Para avançar no jogo, teremos que evitar que as bolas colidam umas com as outras, colocando pedras na encruzilhada. No entanto, à medida que o nível de complexidade desse jogo de treino mental aumenta, as exigências cognitivas serão maiores.

A dificuldade deste jogo mental é adaptada conforme treinamos . Crossroads é um recurso científico projetado para medir continuamente o nosso desempenho e regular automaticamente a complexidade das tarefas, optimizando assim o nosso treino cognitivo. O jogo mental Crossroads foi aperfeiçoado para crianças, adultos e idosos para treinar e estimular habilidades cognitivas essenciais .

Como o jogo mental "Crossroads" melhora as minhas habilidades cognitivas?

Ao treinar o cérebro com jogos mentais como Crossroads , um certo padrão de ativação neuronal é estimulado. Repetir esse padrão através da formação pode ajudar a promover a criação de novas sinapses e circuitos neuronais capazes de reorganizar e recuperar as funções cognitivas mais fracas ou danificadas .

O jogo mental Encruzilhada , está desenhado para estimular o potencial de adaptação do sistema nervoso e ajudar o cérebro para se recuperar de alterações estruturais, distúrbios ou lesões em que as nossas habilidades cognitivas são afetadas.

1ª SEMANA

2ª SEMANA

3ª SEMANA

Conexões Neuronais CogniFit

Projeção gráfica das redes neuronais depois de 3 semanas.

Quais as habilidades cognitivas que posso treinar com o jogo mental "Crossroads"?

As habilidades cognitivas que estimulamos com este jogo para treinar a mente são:

  • Atenção focalizada: No jogo de treino cerebral Crossroads tem que observar todas as bolas de uma só vez para que nenhuma colida. Isso requer a nossa atenção dividida. Além disso, quanto mais avançamos, mais precisamos da nossa atenção dividida. Esta capacidade cognitiva é o que usamos no nosso dia-a-dia para estarmos atentos a todas as exigências da condução. Treinar esta capacidade cognitiva jogando à Encruzilhada, pode ser mais fácil de lidar com outras situações em que usamos a nossa atenção dividida.
  • Estimativa: Usamos a estimativa para calcular a distância e a velocidade de cada bola. Assim, podemos detectar o risco de colisão para evitá-lo a tempo. Além disso, usamos essa capacidade cognitiva no nosso dia-a-dia para saber quando temos que começar a desacelerar para parar num semáforo. Portanto, se estimularmos a nossa estimativa com este jogo mental, teremos mais oportunidades de melhorar a nossa precisão em actividades semelhantes.
  • Seguimento: Precisamos evitar que as pedras colidam. Portanto, precisamos verificar se estamos a alcançar o nosso objetivo. A nossa capacidade de seguimento trata disso. Graças a essa capacidade cognitiva, podemos saber se estamos a atingir os nossos objetivos ou não. Com este jogo mental podemos treinar o nosso seguimento para controlar as atividades do nosso dia-a-dia de maneira mais ágil.

Outras habilidades cognitivas relevantes são:

  • Planeamento : Devemos pensar quando é necessário usar uma pedra para evitar colisões e quando não. Isso é importante porque podemos usar algumas pedras de cada vez. Se fizermos um esforço para planear as nossas jogadas, é possível melhorar essa capacidade cognitiva. Além desse jogo, usamos o planeamento para estabelecer rotas mais otimizadas no carro, por exemplo.

  • Inibição : Quando vemos que duas bolas vão chocar, devemos colocar uma pedra entre elas. No entanto, as bolas mudam de direção aleatoriamente, para evitar a colisão sem a nossa ajuda. Neste caso, devemos cortar ou inibir o comportamento de colocar a pedra, já que não é necessária. A nossa capacidade de inibição pode ser estimulada com esse jogo mental. Uma capacidade inibitória maior pode nos ajudar a parar, se se atravessa um peão ou outro veículo.

  • Memória visual de curto prazo: Podemos lembrar a posição de uma bola enquanto olhamos para as outras. Isso tornará mais fácil encontrá-lo novamente, quando nos certificarmos de que as outras bolas não estão em perigo. Usamos a nossa memória visual de curto prazo para reter essas informações. Também usamos isso na escola para lembrar o que estava no quadro antes de apagá-lo. Ao treinar essa habilidade cognitiva, podemos ser mais eficientes nesse tipo de situação.
  • Atenção focalizada: Usamos a nossa atenção focada para detectar as bolas e interseções onde podemos colocar as pedras. Todos os dias usamos esta capacidade cognitiva, como quando prestamos atenção ao professor ou nos concentramos numa leitura. Poderíamos ser mais eficiente nessas situações, estimulando o foco de nossa atenção com o jogo Encruzilhada .
  • Percepção espacial: Temos que calcular os espaços, direções e distâncias para saber se as bolas vão colidir ou não. Precisamos de uma boa percepção espacial para fazer tudo isso. Esta é a habilidade cognitiva que usamos para não invadir outras vias enquanto conduzimos, entre outras coisas. Se estimularmos a percepção espacial com esse jogo mental, poderemos mover-nos melhor.
  • Rastreio visual: Podemos encontrar cada bola no mapa graças ao nosso rastreio visual. Isto será muito útil quando houver duas bolas perto da mesma interseção. Portanto, usamos o rastreio visual para encontrar rapidamente os estímulos. Podemos treinar essa habilidade com Encruzilhada para encontrar mais facilmente sinais de trânsito ou passadeiras, por exemplo.
  • Coordenação visual-motora: Precisamos de uma boa coordenação visual-motora para colocar as pedras na hora certa e sem erros. Também usamos a nossa coordenação mão-olho para escrever no computador, por exemplo. Se treinarmos esta habilidade cognitiva, poderemos melhorar a nossa precisão nos movimentos.
  • Tempo de reacção: Temos que colocar as pedras assim que detectarmos um possível choque. Isso é semelhante a quando um imprevisto aparece na estrada. Em ambos os casos, usamos o nosso tempo de reacção. Ao treinar o tempo de resposta, é possível responder mais rapidamente em caso de imprevistos.
  • Flexibilidade cognitiva: Se virmos que há mais choques do que o esperado, teremos que mudar a estratégia. Para isso, devemos ser mentalmente flexíveis. Ao praticar este jogo mental, é possível melhorar a nossa flexibilidade cognitiva. Isso seria útil para outras situações da nossa vida diária, como a mudança de rotas quando a rua está cortada.

O que acontece quando não treino as minhas habilidades cognitivas?

O nosso cérebro está desechado para economizar recursos, por isso tende a eliminar conexões não utilizadas. Assim, se não se usa uma habilidade cognitiva , o cérebro não fornece recursos para esse padrão de ativação neuronal, então fica cada vez mais fraco . Isso torna-nos menos capazes de usar essa função cognitiva, tornando-nos menos eficazes nas actividades do nosso dia-a-dia.

Por favor, escreva o seu endereço de e-mail